sexta-feira, 28 de agosto de 2009

WILLIAM COLGATE - UM GRANDE EXEMPLO

Sr Colgate

O leitor provavelmente tem em sua casa ou, pelo menos, já ouviu falar do creme dental Colgate. O dentifrício é apenas um dos produtos das indústria, hoje denominada Colgate-Palmolive, cuja história remonta a 1806, nos Estados Unidos.

William Colgate (1783-1957), filho de uma família de imigrantes ingleses, residentes no interior dos EUA, era ainda muito jovem quando foi tentar a vida em Nova Iorque. Criado em um lar protestante, já conhecia as Escrituras, mas foi longe de casa que as palavras de Jacó, registradas no texto de Gênesis 28:20-22, calaram fundo em seu coração. Decidido a colocar Deus em primeiro lugar em sua vida, fez um voto semelhante ao do patriarca bíblico e prometeu que daria ao Senhor o dízimo de cada dólar que conseguisse ganhar, quando começou a trabalhar em uma pequena manufatura de sabão.

Dois anos depois, William Colgate decidiu começar um negócio próprio, fabricando velas e sabões. À época, esses produtos eram tradicionalmente feitos em casa, para consumo próprio, mas o jovem estava determinado a apostar nesse mercado, ainda que incipiente, e foi em frente. Apostando na qualidade de suas mercadorias e nos preços acessíveis aos consumidores em geral, em poucos anos já estava produzindo além de sabões, outros artigos para higiene pessoal.

Sempre fiel nos dízimos, com o crescimento da empresa, mandou que seu contador abrisse o que chamou de “conta do Senhor”, para onde deveriam ser destinados rigorosamente 10% de todo o faturamento da empresa. Conforme os negócios prosperavam, ele passou a creditar naquela “conta” 20% do faturamento, depois 30%, 40%, e, por fim, 50% dos lucros de sua empresa eram dedicados ao Senhor e à Sua Obra.

Instituições evangélicas – principalmente agências missionárias, além de universidades e seminários teológicos norte-americanos – foram grandemente beneficiadas pelo diácono William Colgate, como era conhecido. A prosperidade jamais abandonou, e ele era conhecido como um dos homens mais ricos de Nova Iorque no século 19.

Depois de sua morte, seus filhos, também cristãos fiéis, continuaram a ofertar liberalmente para a obra. Hoje, 200 anos depois, o empreendimento iniciado por ele, embora já não siga os mesmos princípios, continua a existir, e seu exemplo de vida tornou-se uma fonte inspiradora para cristãos de todo o mundo.

 

FONTE: Texto do blog: www.cristaodauniversal.com.br

             Fotos: Internet

19 comentários:

  1. MUITO LEGAL.QUE ESTA BENÇÃO ALCANCE TODO DIZIMISTA FIEL QUE AMA A OBRA DO sENHOR!

    ResponderExcluir
  2. Adorei a historia do Sro. Colgate !
    Eu trabalho com plano de saude !E estou sendo muito abençoada por Deus ! Pois sou dizimista fiel ao Senhor !
    Precisa de um plano de saude?
    Ligue: 013 : 91110927.
    Corretora: Thais Cristina.

    ResponderExcluir
  3. Thais, obrigado pela sua participação.
    Continue sendo fiel ao Senhor e muitas bençãos virão...
    Obrigado, mas já tenho um plano de saúde.
    Um abraço e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  4. Bom, se vocês são judeus carnais e mantém a tradição judaica, Legal. Eu me considero Cristão. E para o cristao não havia obrigatoriedade em dar um dizimo. Tradição e nao ordem de Deus? Sim, pq o dizimo foi feito para os Judeus e servia para um objetivo muito louvavel. Com a formação da nova primitiva congregaçao cristã nao foi mais exigido isso.Já viu a pedição do Dizimo na primitiva congreção cristã? Por que Paulo nao mencionou sobre o dizimo? (2 Cor. 8:12)"Porque, se há prontidão de vontade, é aceitável segundo o que alguém tem, e não segundo o que não tem". (2 Cor. 9:7)"Cada um contribua segundo PROPÔS no seu CORAÇÃO" Poderia ser assim, ex: " Cada um PROPONHA se um DIZIMISTA fiel. Vc tem o direito de fazer o que quiser com seu dinheiro. Eu Respeito. Mas passar a impressão que é obrigatório por Deus, como muitos pregam é mentira!!! abraçoss

    ResponderExcluir
  5. Spawn, voce não entende nada de Biblia meu irmão, se voce estudar à fundo a palavra de Deus, verá que o dízimo é do Senhor. Sabe o que quer dizer dízimo? 10% de tudo que voce ganhar, tudo que voce tiver...

    Um abraço e tenha paz.

    ResponderExcluir
  6. Spawn, Se realmente se considera Cristão. Deveria entender um pouco mais, sobre ser Cristão. Mentira é o que contaram para voce. Abra seu coração e se entregue de verdade. Cristo não deu 10% por vc, Ele se entregou por inteiro, para que tenha vida eterna.

    Não pegue apenas parte de um versículo como justificativa erronea leia todo capitulo de 2 Coríntios 9.

    Que a Paz de Cristo posso habitar abundantemente em seu coração.

    Abraços

    Alex

    Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando vos deitarão no regaço; porque com a mesma medida com que medis, vos medirão a vós. Lucas 6:38

    ResponderExcluir
  7. Ola, Apenas para constar a familia de wilian ainda e dona de 20% das ações da Colgate e doa todos os anos 50% dos seus rendimentos para a obra do Sr, alem disto a Colgate investe um % de todo o seu lucro em atividades relacionadas a obra do senhor

    abraços
    Wesley

    ResponderExcluir
  8. bom no tocante a dizimo sou totalmente favoravel
    pois foi instituido por Deus e começou pelo pai
    abraão o primeiro Dizimista leia malaquias capitulo 3 versiculo 7 em diante quem planta colhe
    louvado seja Deus ...

    ResponderExcluir
  9. ser dizimista é só pra quem tem fé pense nisso!!!davi guarulhos

    ResponderExcluir
  10. SÓ JESUS CRISTO SALVA,LIBERTA E LEVA AO QUE CRER PARA GLÓRIA.

    ResponderExcluir
  11. EU SOU DIZIMISTA E E ERA FUNCIONARIO E AGORA SOU O MAIOR FABRICANTE DE JEANS DO BRAS,DISTRUBUINDO PARA TODO BRASIL,,E APARTIR DO ANO QUE VEM COMEÇAREMOS PARA TODA AMERICA LATINA...
    E QUERO AUMENTAR MEU DIZIMO PARA DOIS DIZIMOS TAMBEM EM BREVE..

    ResponderExcluir
  12. o ministerio de teatro kairos estamosnesecitano de patrocinadores você quer ser o primeiro
    se o senhor WILLIAM COLGATE tever em tereçado emtre em comtato com nosco 08588362108 samos da igreja evagelica videira bom jardim fortaleza obrigado que te abençoe cada dia maisssssss

    ResponderExcluir
  13. Sou cristã da IURD (Igreja Universal do Reino de Deus), lá aprendi a verdadeira essencia do dízimo e oferta.

    Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando vos deitarão no regaço; porque com a mesma medida com que medis, vos medirão a vós. Lucas 6:38

    Deus te dar com a mesma medida que vc o dar para Ele.Como William Colgate teve fé de dar e deu 50% do lucro da empresa para Deus. E Deus o retribiu da mesma forma, sendo uma das maiores e ricas no mundo.

    Agora se vc pensar, que o pastor,bispo seja lá quem for está roubando ou vai ficar com o seu dinheiro. Não importa, eles não o roubam e sim a Deus. O que importa é vc fazer a sua parte e ter fé.

    Muitos me questionam. Vc dar dinheiro para aquela igreja que só têm ladrão. Se têm, não sei, mas, Deus está me abençoando muito.

    Sou muito prospera, hoje tenho, minha casa, meu carro,minha empresa e estou realizando meu sonho cursar uma faculdade de medicina. Sendo que quando iniciei eu não tinha estudo. Bastou ser fiel no dízimo e oferta, e seguir em frente. Que consegui... Claro, graças a Deus.

    Deus é Fiel, principalmente quem é fiel a Ele.

    Garanto, dízimo e oferta para obra de Deus é um investimento milionáro. Mas, isso só para os loucos conforme a palavra de Deus.

    Deus os abençoe!!!

    ResponderExcluir
  14. O Novo Testamento nunca estipula um certo valor percentual como um padrão obrigatório e exigido para nossas contribuições. Ao contrário, as Escrituras declaram:

    "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria." (2Cor 9:7).

    O dízimo do Velho Testamento foi exigência legal. Os judeus estavam sob obrigação de dá-lo. O ensino do Novo Testamento sobre o contribuir focaliza o seu caráter voluntário

    "Porque, segundo o seu poder (o que eu mesmo testifico) e ainda acima do seu poder, deram voluntariamente." (2Co 8:3).

    Esta contribuição voluntária é exatamente o que Abraão e Jacó estavam praticando antes da instituição da Lei, e é o que todos os cristãos devem estar praticando hoje. Portanto, você tem a liberdade de dadivar tanto quanto decidir.

    Se quiser dar dez por cento como Abraão e Jacó o fizeram, você está livres para tal. No entanto, se decidir dar 3 ou 5 ou 20 ou 50 por cento, então pode muito bem fazê-lo.

    O padrão de suas contribuições não é uma percentagem fixa, mas o exemplo de Jesus:

    "Porque já sabeis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre; para que pela sua pobreza enriquecêsseis." (2Co 8:9).

    Ao contrário do que alguns religiosos pregam, aqueles que são pobres não devem se sentir culpados se não forem capazes de dar dez por cento de seus rendimentos. É verdade que Deus honrará o homem que dá sacrificialmente, mas se uma pessoa decide que não pode dar dez por cento dos seus rendimentos e ainda assim satisfazer as necessidades mais básicas suas e de sua família, é uma liberdade, sem julgamento. Afinal, em lugar nenhum Deus falou aos cristãos que é dever deles dar qualquer percentagem fixa.

    Que o efeito deste estudo seja libertar-nos dos grilhões das tradições dos homens que não possam ser substanciadas pela Palavra de Deus (Mar 7:1-13)

    " 7 Em vão, porém, me honram, Ensinando doutrinas que são mandamentos de homens. 8 Porque, deixando o mandamento de Deus, retendes a tradição dos homens; como o lavar dos jarros e dos copos; ... 9 E dizia-lhes: Bem invalidais o mandamento de Deus para guardardes a vossa tradição. ... 13 Invalidando assim a palavra de Deus pela vossa tradição, que vós ordenastes. ...".

    Ser generoso e pronto a compartilhar, este é o fundamento dos ensinamentos cristãos e a forma de sermos melhores:

    1 Tim 6:18-19:

    "18 Que façam bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente, e sejam comunicáveis; 19 Que entesourem para si mesmos um bom fundamento para o futuro, para que possam alcançar a vida eterna."

    Observem que ele chegou a dar 10%,20%,30%,40% e 50% se fosse para obedecer a lei do antigo testamento ele estaria invalidando a lei dando acima de 10% a bíblia de genesis a apocalipse ensina a não aumentar ou diminuir nada do que esta escrito na biblia, seja por palavra ou por ação Col.3.17; já o dizimo que abraão e jacó deu antes da lei foram totalmente voluntário e não por obrigação como exigia a lei.

    ResponderExcluir
  15. mentira é oque ti ensinarão

    ResponderExcluir
  16. Coitado do Claudio, ensinaram tudo errado pra ele.

    ResponderExcluir
  17. 1º - William Colgate nasceu em Hollingbourne, Kent, Inglaterra e não nos USA como menciona o mito
    Partem da Inglaterra para os USA em 1798, o pai de William Colgate, Robert Colgate formou uma parceria com Ralph Maher para fabricar sabão e velas e William ajudou os dois homens, mas a parceria dissolveu após dois anos.
    William Colgate nasceu na freguesia de Hollingbourn, Condado de Kent, Inglaterra, em 25 de Janeiro de 1783.

    2º - William Colgate veio para Nova York em 1804.
    Lá obteve emprego como aprendiz de uma caldeira de sabão e aprendeu o negócio, era um gênio nos negócios da sua época, ele era de família Batista, mas desde que aportou em Nova York ele estreitou relações com a Igreja Presbiteriana de Nova York, mas o seu batismo ocorreu em 1808 pelo Rev. William Parkinson, pastor da Igreja Batista primeiro em Nova York.


    Ele foi um seguidor fervoroso, foi tesoureiro daquela Igreja, mas a própria Igreja não menciona valores ou percentuais ofertados por William Colgate, nada do que se propaga por aí.
    Portanto quem afirma porcentagens MENTE !!!

    Ele sim ajudou muito a Igreja em que participou, principalmente em missões, mas nada atrelado ao Dízimo,

    3º COLGATE é o nome da família dele e não uma menção aos escrituras, facilmente detectado no nome de seu pai Robert Colgate.

    ResponderExcluir
  18. O dízimo é coisa dos judeus da antiga aliança, nós vivemos na nova aliança. No novo testamento não há mais dízimo, há oferta, coleta, contribuir com o coração. Dízimo hoje em dia é pregado como obrigação pelos pastores que enriquecem às custas dos coitados.

    ResponderExcluir
  19. O dízimo é coisa dos judeus da antiga aliança, nós vivemos na nova aliança. No novo testamento não há mais dízimo, há oferta, coleta, contribuir com o coração. Dízimo hoje em dia é pregado como obrigação pelos pastores que enriquecem às custas dos coitados.

    ResponderExcluir

APRESENTAÇÕES EM POWER POINT PARA VOCÊ

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin