sábado, 28 de novembro de 2009

History of religion

HISTÓRIA DAS RELIGIÕES
5000 anos de religião em 90 segundos
Filme em Inglês mas é fácil de entender

E O ARREBATAMENTO ESTA PRÓXIMO...

VIDEO QUE RETRATA O APOCALIPSE E O ARREBATAMENTO DA IGREJA DE JESUS CRISTO

 

No Apocalipse a dor vai ser grande...

A Igreja estará no céu, porque DEUS não deixa perecer aquele que é FIEL

Música: Cantora Damares

sábado, 21 de novembro de 2009

Que tal dedicar uma hora por semana para o Senhor Jesus

"Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos." (Salmos 126:5-6)

jesus-ensinando

Como é glorioso levar A Palavra de Salvação de Nosso Senhor Jesus Cristo. Não importa quantos irão se levantar, não importa quão difícil possa parecer, não importa quantos empecilhos possam surgir em nosso caminho. Levar A Palavra a toda criatura é o mais expressivo gesto de amor!

Imaginem o sacrifício solicitado àqueles incultos pescadores: deixar a única coisa que conheciam, deixar de pescar para ganhar almas para o reino dos céus. Deixar tudo o que conheciam para se lançar nas mãos de Deus e através deste gesto serem instrumentos de Deus. Em tempo integral.

Hoje, é óbvio que há pessoas que também aceitam esta missão em tempo integral, pois muitos pastores colocam suas vidas no altar de Deus, sendo pregadores da Palavra em tempo integral, mas, não quero falar destas valorosas pessoas neste texto, quero falar de pessoas que tem em seu dia-a-dia todas as coisas corriqueiras do homens do mundo, como trabalho, trânsito, filhos, faculdade, esposa, etc e que ainda assim, encontram um tempinho para levar A Palavra. Ser um pescador de homens é algo glorioso, difícil mas glorioso e esta glória não estava à disposição apenas dos apóstolos.

Pense nisto. Dedicar uma hora por semana para o Senhor jesus, como pescador de Homens! Veja bem. Uma hora, é uma minúscula fração do seu tempo em uma semana, mas, já é muito! Tenho certeza de que em breve este tempo se ampliará pois a satisfação de ganhar almas para o Senhor é imensa! Tente isto e verá!

Vamos lançar a boa semente e os corações contritos receberão esta semente e ela germinará. Não vamos desperdiçar a unção que nos foi dada "O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;" (Isaías 61:1). Creia meu irmão. Levar Deus às pessoas que estão neste mundo tem suas grandes dificuldades, mas é um gesto que também contém sí mesmo a alegria da colheita. Como é glorioso ver o agir de Deus transformando as vidas dos que creem e como é maravilhoso poder ser usado por Ele para levar as pessoas ao Pai.

E então? Que tal começar só com uma hora por semana? Vamos encher os celeiros do Pai!!!

Fonte: http://www.vaiarrebentar.com.br

LIBERTA-ME

Você está precisando se libertar do mal na sua vida.
ASSISTA ESTE VIDEO E VOCÊ VAI ENTENDER COMO SE LIBERTAR

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

É DEUS QUEM MANDA OU TEM ALGUMA DÚVIDA?

"Quando se crê em DEUS não há cotidiano sem milagres"
*QUANDO DEUS QUER, NÃO TEM JEITO!*
Uma senhora muito pobre telefonou para um programa cristão de rádio
pedindo ajuda.
Um bruxo do mal que ouvia o programa resolveu pregar-lhe uma peça.
Conseguiu seu endereço, chamou seus secretários e ordenou que fizessem
uma compra e levassem para a mulher, com a seguinte orientação:
- Quando ela perguntar quem mandou, respondam que foi o DIABO!
Ao chegarem na casa, a mulher os recebeu com alegria e foi logo
guardando alimentos.
Os secretários do bruxo, conforme a orientação recebida, lhe
perguntaram:
- A senhora não quer saber quem lhe enviou estas coisas?
A mulher, na simplicidade da fé, respondeu:
- Não, meu filho. Não é preciso. Quando Deus manda, até o diabo
obedece!
'NÃO SE PREOCUPE DE QUE MANEIRA VIRÁ SUA VITÓRIA, MAS QUANDO DEUS
DETERMINA, ELA VEM.......AH VEM!!!
Tenha perseverança ... não é no seu tempo e sim no tempo Dele....... porque você  vê até um limite.
Ele ultrapassa esse limite ... e vê muito além do que
enxergamos.!!
DEUS te abençoe, e tenha um bom dia.
Deus tem visto suas Lutas.
Deus diz que elas estao chegando ao fim.
Uma bençao está vindo em sua direçao.
Se você crê em Deus, por favor envie esta mensagem para seus amigos. Para enviar clique neste envelope aqui mais abaixo.

Peçam e vocês receberão

LUCAS 11.5-10
Então Jesus disse aos seus discípulos: - Imaginem que um de vocês vá à casa de um amigo, à meia-noite, e lhe diga: "Amigo, me empreste três pães. É que um amigo meu acaba de chegar de viagem, e eu não tenho nada para lhe oferecer." - E imaginem que o amigo responda lá de dentro: "Não me amole! A porta já está trancada, e eu e os meus filhos estamos deitados. Não posso me levantar para lhe dar os pães." Jesus disse: - Eu afirmo a vocês que pode ser que ele não se levante porque é amigo dele, mas certamente se levantará por causa da insistência dele e lhe dará tudo o que ele precisar. Por isso eu digo: peçam e vocês receberão; procurem e vocês acharão; batam, e a porta será aberta para vocês. Porque todos aqueles que pedem recebem; aqueles que procuram acham; e a porta será aberta para quem bate.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Todos nós temos razões para sermos felizes !

Recebi a mensagem abaixo da minha amiga e irmã em Cristo Jesus, a Anny Mesquita e gostei demais das suas palavras e resolvi compartilhar com você amigo internauta e seguidor do meu Blog. Leia e faça de conta que esta mensagem é para você.

Obrigado Anny pela mensagem e fique na Paz do Senhor.

Agora você pode estar pensando, “Então Anny, eu não tenho nada pra sorrir neste exato momento!” . E isso pode ser verdade. Tem muitos momentos em que eu também não tenho nada para sorrir. Mas Deus tem me ajudado e ensinado a encontrar algum motivo para sorrir.
Se nós não pudermos desfrutar nossa vida até nos “livrarmos dos problemas”, vamos viver numa tristeza e nunca conheceremos a alegria que Jesus planejou para nós. Se não tivermos nenhuma razão para sermos felizes, a salvação por si só já é uma razão suficiente para que possamos transbordar de alegria. Apenas imagine como você se sentiria se todas as coisas em sua vida fossem perfeitas, mas você não conhecesse Jesus. Ou ainda pior, o que aconteceria se você tivesse que enfrentar sua situação atual sem o Senhor? Eu já falei sobre isso antes e vou falar novamente: O pior dia que eu tiver tendo o Senhor é infinitamente melhor que o meu melhor dia sem ele.


Vitória não é a ausência de problemas, é estar na presença do poder – do poder de Deus. O poder de Deus é maior que qualquer circunstância adversa. Eu te desafio a se dirigir para perto de Deus fazendo a escolha de se regozijar. À medida que Davi diz ao Senhor “...deixe todos aqueles que se refugiam e colocam sua confiança em ti regozijar, deixe-os cantar e gritar de alegria, porque tu Senhor os cobre e defende, deixe aqueles que amam o teu nome serem cheios de alegria em ti e terem um espírito forte”.


Aprendam a sorrir em meio às dificuldades da vida. Ore e peça a Deus para te ensinar a sorrir mais, e peça a ele para te mostrar coisas que te levam a sorrir. Quando o inimigo partir em ataque contra você, retalie com alegria e gargalhadas, cantando e louvando a Deus. Se Deus pôde me ensinar a sorrir – alguém que foi colérica e austera, e por muito tempo tinha semblante sério – tenho certeza que ele pode lhe ajudar também! Um abraço espiritual, Ir. Anny.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

DANIEL na cova dos leões

Os inimigos de Daniel foram falar de novo com o rei e disseram: - O senhor sabe muito bem que, de acordo com a lei dos medos e dos persas, nenhuma ordem ou lei assinada pelo rei pode ser anulada. Então o rei mandou que trouxessem Daniel e o jogassem na cova dos leões. E o rei disse a Daniel: - Espero que o seu Deus, a quem você serve com tanta dedicação, o salve.

Trouxeram uma pedra e com ela taparam a boca da cova. O rei selou a pedra com o seu próprio anel e com o anel das altas autoridades do reino, para que, mesmo no caso de Daniel, a lei fosse cumprida ao pé da letra. O rei voltou para o palácio, mas não comeu nada, nem se divertiu como de costume. E naquela noite não pôde dormir. De manhã, cedinho, ele se levantou e foi depressa até a cova dos leões. Ali, com voz muito triste, ele disse: - Daniel, servo do Deus vivo! Será que o seu Deus, a quem você serve com tanta dedicação, conseguiu salvá-lo dos leões? Daniel respondeu: - Que o rei viva para sempre! O meu Deus mandou o seu Anjo, e este fechou a boca dos leões para que não me ferissem. Pois Deus sabe que não fiz nada contra ele. E também não cometi nenhum crime contra o senhor.

O rei, muito alegre, mandou que tirassem Daniel da cova. Assim ele foi tirado, e viram que nenhum mal havia acontecido com ele, pois havia confiado em Deus. Em seguida, o rei mandou que trouxessem os homens que tinham acusado Daniel. Todos eles, junto com as suas mulheres e os seus filhos, foram jogados na cova. E, antes mesmo de chegarem ao fundo, os leões os atacaram e os despedaçaram.

Então o rei Dario escreveu uma carta para os povos de todas as nações, raças e línguas do mundo. A carta dizia o seguinte: "Felicidade e paz para todos! Eu ordeno que todas as pessoas do meu reino respeitem e honrem o Deus que Daniel adora. Pois ele é o Deus vivo, que vive para sempre. O seu reino nunca será destruído; o seu poder nunca terá fim. Ele socorre e salva; no céu e na terra, ele faz milagres e maravilhas. Foi ele quem salvou Daniel, livrando-o das garras dos leões." E Daniel continuou a ser uma alta autoridade no governo durante o reinado de Dario e depois durante o reinado de Ciro, da Pérsia.  (Daniel 6:15-28)

sábado, 14 de novembro de 2009

Os 7 princípios da Prosperidade

Por: Pr. Marcus Gregório

Conhecereis a verdade e a verdade os libertará

     “[...] Responderam-lhe: Somos descendência de Abraão e jamais fomos escravos de alguém; como dizes tu: Sereis livres? Replicou-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: todo o que comete pecado é escravo do pecado. O escravo não fica sempre na casa; o filho, sim, para sempre. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” (Jo 8.32-36.)

O texto de João 8.32-36 é um dos mais poderosos da Bíblia. Ele deveria nortear nossa caminhada cristã e nos levar a uma busca incansável daquilo que queremos ver estabelecido em nossas vidas da parte de Deus. Mas o que esta passagem tem a ver com libertação financeira?

Quando a Bíblia diz, “[...] e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”, este conhecimento não significa apenas “saber a respeito de”, mas refere-se a ter experiências com a libertação que a Palavra está declarando. Você precisa entender o que Deus quer para você. Ele não deseja que você tenha conhecimento da verdade, simplesmente. Deus usou homens naturais e os levou a ter experiências que eu e você, mesmo vivendo numa época diferente, dentro de realidades e situações distintas, podemos tê-las também. Tais homens foram usados para testemunho, mas a verdade veio de Deus, e suas experiências foram marcadas, sobretudo, pelo poder divino que os livrou, guardou, levantou e os ajudou a ir mais longe.

De que adianta conhecer uma verdade revelada pelo Senhor e não ter uma experiência com ela? Será que de fato a verdade já o libertou? Você o saberá se estiver tendo experiências com essa verdade.

Que princípios devemos seguir para experimentar a prosperidade de Deus?

1º Princípio

O primeiro princípio é dar esperando receber. Saber que aquilo que eu dei não me foi tomado à força e não me fará falta, mas ter com Ele uma aliança de expectativa (Lucas 6.38). Deus é um doador, e até quando entregou seu Filho tinha a expectativa de recebê-lo de volta (João 3.16). A devolução reside no conceito de que eu só recebo a vida eterna se eu me voltar para Deus. Quando você aceitou a Jesus como Senhor e Salvador, Deus recebeu o resultado da semeadura que Ele mesmo fez ao entregar Seu único filho. “[...] aquilo que o homem semear, isso também ceifará.” (Gálatas 6.7.)

2º Princípio

O segundo princípio é: semeie sobre a promessa. Se ao vir alguém necessitado, você usa o dinheiro do dízimo para fazer uma compra de supermercado para essa pessoa, não adiante mais tarde reclamar a colheita desta semeadura porque ela não tem promessa na Bíblia. Você não deve ter mais apreço em semear sobre aquilo que, na Bíblia, não está vinculado à promessa alguma. (Leia 2Co 9.6.)

3º Princípio

Entre a fé e a necessidade, fique com a fé. Este terceiro princípio é exemplificado no capítulo 8 de 2 Coríntios, quando Paulo fala sobre a abundante generosidade dos macedônios, mesmo vivenciando um momento de pobreza. Eles poderiam ter escolhido ficar com a necessidade, mas o texto mostra que eles decidiram ir na contramão do que seria considerado uma atitude normal e agiram por fé. Quando estamos com poucos recursos, a primeira a sofrer é a Casa de Deus. Ele assumiu um compromisso de nos abençoar, mas também temos os nossos compromissos – com a Palavra e a Casa de Deus. Mas vamos observar agora o que dizem os versos 3, 11 e 12: “Porque eles, testemunho eu, na medida de suas posses e mesmo acima delas, se mostram voluntários.

Completai, agora, a obra começada, para que, assim como revelastes prontidão no querer, assim a leveis a termo, segundo as vossas posses. Porque, se há boa vontade, será aceita conforme o que o homem tem e não segundo o que ele não tem.” (Ênfase do autor.) Primeiro Paulo dá aos coríntios seu depoimento pessoal acerca da atitude voluntária dos macedônios. De acordo com o relato do apóstolo, eles deram o que podiam e ainda além, mas deixou claro que isso foi um gesto espontâneo. Mais adiante, Paulo faz uma recomendação: ofertar conforme as posses. Isso derruba a ideia de que Deus deseja que façamos sacrifícios financeiros absurdos. Dar além das próprias posses é algo de foro íntimo e deve ser fruto de uma decisão voluntária.

4º Princípio

Em quarto lugar, considere doar seus recursos um privilégio (V. 4). Sabe por que os macedônios escolheram a fé no meio da necessidade? Porque consideravam dizimar e ofertar na igreja algo de muito valor. Quando não conseguimos entender isso, perdemos uma grande oportunidade de sermos abençoados.

5º Princípio

O quinto princípio está explicitado em Lucas 16.10-11: exercite a fidelidade em suas contribuições. Certa vez Josué disse: “Há muita terra ainda para ser conquistada”. É possível que você esteja achando que o que está colhendo hoje é tudo o que Deus tem para lhe dar, mas isso não é verdade. Você já colheu alguns grãos, no entanto, o que lhe espera é o celeiro todo. Você está na escola da prosperidade e ainda não expressa plena confiança em Deus; já “tropeçou” em cinco quilos de açúcar e, por hora, não está pronto para receber o celeiro. Será que Deus pode confiar em você as riquezas? Naquilo que você possui hoje há fidelidade?

6º Princípio

Glorifique a Deus com sua semente de fé é o sexto princípio (2 Coríntios 9.8-12). Eu glorifico a Deus dançando, cantando, aplaudindo, mas também contribuindo. Dízimos e ofertas são sementes que glorificam a Deus. O que acontece em sua vida quando você espalha sementes? A resposta está em Provérbios 11.24-25.

Faça uma análise da qualidade da semente que você está trazendo e, se de fato estiver glorificando a Deus com ela, tome posse das quatro coisas que vou profetizar para você: 1) Tudo o que sonhar, estando dentro da vontade de Deus para a sua vida, pode descansar que virá para a sua mão; 2) A sua bênção financeira ficará como um memorial para a sua família, sua esposa e seus filhos, e todos eles vão receber desta bênção; 3) Você será reconhecido como uma pessoa a quem Deus abençoa; 4) Deus vai fazer com que você alcance sucesso em qualquer área (2Co 9.8).

7º Princípio

Por último, semeie sobre aquilo que você quer que se manifeste em sua vida (Deuteronômio 14.26). Quando Jesus entrou na casa de Zaqueu, pregou o Evangelho ali, mas não falou de dinheiro. Diz no texto, porém, que Zaqueu repentinamente falou: “Se de alguém tenho roubado alguma coisa, vou restituir quatro vezes mais”. Jesus então respondeu que naquele dia a salvação viera àquela casa. Toda vez que você quiser mostrar que reconhece o que Deus faz em seu favor, deve usar a semente da restituição. Zaqueu fez uso da semente da restituição como prova de sua conversão.

Desafio de fé: Debaixo deste entendimento e daquilo que o Espírito Santo revelou ao seu coração, a partir de agora deseje ofertar a Deus com o seu melhor através dos dízimos e ofertas.

Você vive no mundo ou o mundo vive em você ?

Vi este Post em outro site (www.vaiarrebentar.com.br) e achei a mensagem interessante e oportuna e resolvi publicá-la aqui também, não deixe de ler, é uma verdade que as vezes não nos damos conta do mal que estamos fazendo.

Você vive no mundo ou o mundo vive em você?

Hoje as tentações são muitas… sei… mas é assim que perdemos nossa salvação. Hoje é tudo muito simples… saiu, ganhou, levou… Todo mundo muito disponível, ninguém é de ninguém. Famílias desgarradas, casais afastados, liberais, liberados. Mundo mundano… Mundo insano… Mundo imundo…Mundo seguidor e servidor do deus deste mundo…

E em contrapartida se vê aquela família toda, unida, indo à casa de Deus e dizem: Quadrados, crentes, Zé povinho, trouxas que dão dinheiro para o Pastor, gente desinformada. Tudo isto é dito por quem está no mundo, pois só conseguem ver o seu mundinho sujo e de sua ótica suja, de quem se entrega nas mão do homem tudo é sujo. O sujeito gasta uma fortuna num boteco.

Bebe, vomita, se acaba e acha que vai ser feliz assim. Se transforma em lixo. Gasta uma fortuna com a podridão do mundo e ainda acha que quem faz ofertas e devolve seu dízimo é trouxa. Trouxa não é quem devolve a Deus 10% do que ganha em dízimos (eu sou ofertante também, mas minhas ofertas são entre eu e meu Deus), trouxa é quem entrega 100% do que ganha nas mãos do diabo. Não, não dá diretamente, vai parcelando… entrega um pouco na conta do boteco, um pouco no que gasta com cigarro (eu sei bem disto pois já fiz disto minha vida).

Por isso que sou um dos que levam a palavra do Senhor a este mundo sujo. Entro no inferno e tento trazer as pessoas de lá, levo a palavra de meu Deus às pessoas que sofrem. A pessoa não tem a capacidade de procurar à Deus. Não quer crer ou tem medo de crer que o Senhor Jesus é Salvador e Libertador. Se entregam aos vícios, se entregam aos homens.

Um ente muito querido meu já me disse que estava lutando para ser inscrito em um programa de estudo para testes de remédios para curar uma doença que possui. Fazer testes, ser cobaia… se entregar sem nenhuma garantia para ser rato de laboratório nas mãos de um médico e correr todos os riscos, pagando por isto, mas não tem coragem de entregar-se de corpo e alma nas mãos de quem deu a vida por si.

Procurar se sujeitar aos médicos e não ter coragem para se colocar ao alcance do médico dos médicos. Ele está à sua disposição esperando apenas e tão somente que se lhe seja dada a oportunidade de levar a sua cura. Deus é tão maravilhoso que te dá o direito de não aceitá-lo. Pense bem, não é melhor passar uma pequena época sendo “o quadrado” aqui e a eternidade curtindo a benção dos céus? Pense bem, quando tudo o mais acabar, quando tuas forças forem tomadas, quando teu corpo, velho e decadente se entregar ao solo para onde vai a sua alma?

Créditos: Rogério Bolanho - www.vaiarrebentar.com.br

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

VOCÊ TEM UM AMIGO

TUDO O QUE VOCÊ TEM A FAZER É CHAMAR


PREOCUPAÇÃO...Não leva a lugar nenhum

Certa vez um homem, ao cruzar a floresta, viu uma raposa que perdera as pernas e admirou-se como ela sobrevivia.
Neste momento, um tigre apareceu e trazia, entre os dentes, caça nova. A fera comeu o quanto quis, deixando o resto ao lado da raposa. E no dia seguinte, a mesma coisa.
Deus, ou a própria natureza, nutriu a raposa usando o mesmo tigre. O homem se admirou, e assim pensou consigo mesmo: - Eu também vou me deitar por aí, em algum cantinho, Ele (Deus, ou a natureza) vai me mandar o quanto me é necessário. De fato, assim o fez, por muitos dias, mas nada aconteceu e o pobre estava já às portas da morte, quando ouviu uma voz que dizia: - Estás na trilha do erro, abre teus olhos e contempla a verdade. Segue o exemplo do tigre e deixa de imitar a raposa aleijada. O que você prefere, servir ou ser servido? Qual é a melhor posição ser piloto da própria vida ou o passageiro?

Em agosto de 1918, um saveiro estava sendo puxado por um rebocador, no Rio Niágara, quando o cabo arrebentou. As fortes correntezas logo conduziram o barco em direção às cataratas. Quando estava para cair, o barco encalhou em algumas rochas bem em acima das quedas. Os dois homens que estavam a bordo foram salvos apenas no dia seguinte. Eles passaram uma noite de terror, pois esperavam, a qualquer momento, despencar para a morte. Isso aconteceu faz mais de noventa anos e a velha barcaça continua lá, no mesmo lugar, até hoje. Jamais aconteceu a queda prevista. Os dois homens se preocuparam por nada. A esperada queda do barco, que trouxe ansiedade e desespero aos dois homens, não aconteceu... Será que não acontece da mesma forma com a grande maioria dos problemas, aqueles que tiram a tranqüilidade?

As preocupações são como um barco encalhado nas pedras. Elas nunca nos levarão a lugar algum.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

A estátua de ouro

 

O rei Nabucodonosor mandou fazer uma estátua que media vinte e sete metros de altura por dois metros e setenta de largura e ordenou que a pusessem na planície de Durá, na província da Babilônia. Depois, ordenou que todos os governadores regionais, os prefeitos, os governadores das províncias, os juízes, os tesoureiros, os magistrados, os conselheiros e todas as outras autoridades viessem à cerimônia de inauguração da estátua. Todos eles vieram e ficaram de pé em frente da estátua para a cerimônia de inauguração. Aí o encarregado de anunciar o começo da cerimônia disse em voz alta: - Povos de todas as nações, raças e línguas! Quando ouvirem o som das trombetas, das flautas, das cítaras, das liras, das harpas e dos outros instrumentos musicais, ajoelhem-se todos e adorem a estátua de ouro que o rei Nabucodonosor mandou fazer. Quem não se ajoelhar e não adorar a estátua será jogado na mesma hora numa fornalha acesa. Assim, logo que os instrumentos começaram a tocar, todas as pessoas que estavam ali se ajoelharam e adoraram a estátua de ouro. (Daniel 3:1-18)

A desobediência dos amigos de Daniel

Foi nessa hora que alguns astrólogos aproveitaram a ocasião para acusar os judeus. Eles disseram ao rei Nabucodonosor: - Que o rei viva para sempre! O senhor deu a seguinte ordem: "Quando ouvirem o som dos instrumentos musicais, todos se ajoelharão e adorarão a estátua de ouro. Quem desobedecer a essa ordem será jogado numa fornalha acesa." Ora, o senhor pôs como administradores da província da Babilônia alguns judeus. Esses judeus - Sadraque, Mesaque e Abede-Nego - não respeitam o senhor, não prestam culto ao deus do senhor, nem adoram a estátua de ouro que o senhor mandou fazer. Ao ouvir isso, Nabucodonosor ficou furioso e mandou chamar Sadraque, Mesaque e Abede-Nego. Eles foram levados para o lugar onde o rei estava, e ele lhes disse: - É verdade que vocês não prestam culto ao meu deus, nem adoram a estátua de ouro que eu mandei fazer? Pois bem! Será que agora vocês estão dispostos a se ajoelhar e a adorar a estátua, logo que os instrumentos musicais começarem a tocar? Se não, vocês serão jogados na mesma hora numa fornalha acesa. E quem é o deus que os poderá salvar? Sadraque, Mesaque e Abede-Nego responderam assim: - Ó rei, nós não vamos nos defender. Pois, se o nosso Deus, a quem adoramos, quiser, ele poderá nos salvar da fornalha e nos livrar do seu poder, ó rei. E mesmo que o nosso Deus não nos salve, o senhor pode ficar sabendo que não prestaremos culto ao seu deus, nem adoraremos a estátua de ouro que o senhor mandou fazer.

 

Os três moços na fornalha acesa

Ao ouvir isso, Nabucodonosor ficou furioso com os três jovens e, vermelho de raiva, mandou que se esquentasse a fornalha sete vezes mais do que de costume. Depois, mandou que os seus soldados mais fortes amarrassem Sadraque, Mesaque e Abede-Nego e os jogassem na fornalha. Os três jovens, completamente vestidos com os seus mantos, capas, chapéus e todas as outras roupas, foram amarrados e jogados na fornalha. A ordem do rei tinha sido cumprida, e a fornalha estava mais quente do que nunca; por isso, as labaredas mataram os soldados que jogaram os três jovens lá dentro. E, amarrados, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego caíram na fornalha. De repente, Nabucodonosor se levantou e perguntou, muito espantado, aos seus conselheiros: - Não foram três os homens que amarramos e jogamos na fornalha? - Sim, senhor! - responderam eles. - Como é, então, que estou vendo quatro homens andando soltos na fornalha? - perguntou o rei. - Eles estão passeando lá dentro, sem sofrerem nada. E o quarto homem parece um anjo. Aí o rei chegou perto da porta da fornalha e gritou: - Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, servos do Deus Altíssimo, saiam daí e venham cá! Os três saíram da fornalha, e todas as autoridades que estavam ali chegaram perto deles e viram que o fogo não havia feito nenhum mal a eles. As labaredas não tinham chamuscado nem um cabelo da sua cabeça, as suas roupas não estavam queimadas, e eles não estavam com cheiro de fumaça. O rei gritou: - Que o Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego seja louvado! Ele enviou o seu Anjo e salvou os seus servos, que confiam nele. Eles não cumpriram a minha ordem; pelo contrário, escolheram morrer em vez de se ajoelhar e adorar um deus que não era o deles. Por isso, ordeno que qualquer pessoa, seja qual for a sua raça, nação ou língua, que insultar o nome do Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego seja cortada em pedaços e que a sua casa seja completamente arrasada. Pois não há outro Deus que possa salvar como este. Então o rei Nabucodonosor colocou os três jovens em cargos ainda mais importantes na província da Babilônia. (Daniel 3:19-30)

terça-feira, 10 de novembro de 2009

O filme Religação

A sua linha telefónica já alguma vez foi a baixo enquanto estava a falar com alguém? Quando isto acontece, você tenta ligar de novo, logo que possível, para poder continuar a conversa.

Como vai ver neste curto vídeo, o nosso relacionamento com Deus tem sido interrompido à semelhança de uma ligação que é cortada. Como o pai neste filme dá tudo para tentar restabelecer a ligação com a sua filha, Deus, o nosso Pai celestial, tem dado tudo para se ligar de novo conosco. Porquê?
Porque Ele nos ama profunda e incondicionalmente.




domingo, 8 de novembro de 2009

TENHAS PACIÊNCIA COM SEUS PAIS

TODO FILHO PRECISA VER ESTA APRESENTAÇÃO



DEUS mudou a minha vida

QUANDO VOCÊ É FIEL A DEUS E PERSEVERA, A VITÓRIA VEM, A MUDANÇA ACONTECE.
ASSISTA O DEPOIMENTO DESTA MOÇA E VEJA O SOFRIMENTO QUE ELA PASSOU, MAS ELA FOI PERSEVERANTE E NUNCA DESISTIU DE BUSCAR PELO SEU MARIDO...

ASSISTA E VEJA O QUE DEUS TAMBÉM PODE FAZER NA SUA VIDA

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

As promessas de Deus se cumprem para aquele que realmente crê na Sua Palavra

O SEU SONHO REALIZADO

O que importa é que cada um seja realizado, segundo tenha projetado. A entrega pessoal, a disposição em dar, em troca do que se deseja, é o segredo de alcançar os benefícios da fé.

Como pode falhar a Palavra de Deus? É impossível! Quando a pessoa aplica sua fé nesta Palavra, esta colocando sua confiança no próprio Deus. Quem crê recebe, e quem não crê não recebe, por isso vemos tantos que dizem crer em Deus, e por faltar-lhes a atitude de dar, vivem uma vida miserável em todos os apectos. Cada um é o que dá a Deus, e não nos referimos ao dinheiro, estamos falando da vida.

Com nossas ofertas demonstramos quem somos diante de Deus, e deve ser de uma maneira espontânea. Conscientemente a pessoa apresenta-se diante de Deus com a entrega total, e Deus tem que responder, porque a pessoa torno-se merecedora.

Quem crê é porque foi revelado, e em sua vida se cumpre as promessas de Deus. Como servos de Deus, vivemos e pregamos a Palavra de Deus e os resultados têm que aparecer, porque está Palavra segue valendo.

A Palavra de Deus é Deus em ação dentro daquele que crê. Quando a pessoa tem um sonho em seu interior e atua pela fé, é impossível não acontecer o resultado, é fé de cada um.

A vida nova, o sonho realizado, dependerá da entrega pessoal diante de Deus. Não importa se a pessoa conta ou não com as condições humanas, as conquistas com Deus estão condicionadas a oferta pessoal. Quando a pessoa entrega toda sua vida, está entregando todos seus fracassos, debilidades, incapacidades, traumas, complexos, erros. Tudo o que a pessoa foi, tem e é, agora está nas mãos de Deus.

A entrega a Deus, fará com que os que nos rodeiam, levantem-se e passem a perseguir-nos por causa da nossa fé. Virão com acusações referentes ao nosso passado, o mal irá usá-los para tentarem fazer com que esse passado nos gere dúvidas. Mas é na nossa oferta pessoal, que nos fazem merecedores.

Sempre estaremos sujeitos a cometer erros nesta vida, por um lado ou pelo outro, cometeremos falhas. Ma nossa oferta nos justifica diante de Deus, nossa vida torna-se a oferta. è a única maneira de manter a consciência limpa, torna-se livre, porque a pessoa terá acesso direto a Deus, porque nossa oferta está constante no altar.

O Espírito Santo se apodera da pessoa que agrada a Deus com sua entrega, é tudo por tudo.

PARA VOCÊ MEDITAR:

  • "Esperei com paciência no Senhor, e Ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor." (Salmos 40:1)
  • "O melhor de Deus está por vir." (I Cor. 2:9)
  • "Os céus e a terra passarão, mas as minhas palavras jamais passarão" (Mateus 24:35)
  • "Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes." (Jeremias 33:3)
  • "E o seu Senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel; sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu Senhor." (Salmos 55:22)
  • "Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais Ele fará." (Salmos 37:5)
  • "Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida." (Malaquias 3:10)

SEJA AMIGO DO TEMPO, E VERÁ A AÇÃO DE DEUS EM MUITAS SITUAÇÕES DA SUA VIDA.

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Céu e Inferno ! Purgatório ?

O TEXTO ABAIXO É UM POUCO LONGO MAS É INTERESSANTE QUE VOCÊ LEIA PARA ENTENDER UM POUCO MAIS SOBRE ESSAS 3 PALAVRAS (CÉU, INFERNO E PURGATÓRIO)

A Bíblia é um Livro que nasceu no coração de Deus, ditada a homens puros pelo Espírito Santo e contém uma mensagem de cunho totalmente espiritual, direcionada a um povo em especial, eleito, escolhido pelo próprio Deus para viverem uma realidade diferenciada dos demais povos.
Os ensinamentos dados pelo Espírito Santo, jamais devem serem questionados. São na verdade para serem cumpridos no dia-a-dia. Infelizmente, no decorrer dos milênios, muitos homens criaram teses e ou teorias teológicas que deturparam a palavra santa, incluindo ensinamentos falsos e danosos. A existência do Purgatório é um bom exemplo.
O lugar denominado Purgatório, segundo o catolicismo, não é um nível intermediário entre o Céu e o Inferno, mas um local de purificação onde ficam as almas das pessoas que morreram em estado de graça -isto é, salvas-, mas ainda precisariam se preparar para ter condições de ver Deus nos Céus. A sua existência foi teorizada no pontificado do Papa Gregório I, em 593, com base no livro de 2º Macabeus 12.42-46 (livro Apócrifo e que consta na versão católica da Bíblia). Em 1439, no Concílio de Florença, a doutrina foi aprovada e confirmada depois, em 1563 no Concílio de Trento.
A Palavra Divina em sua totalidade nos apresenta apenas dois destinos eternos, são eles: Céu e Inferno. E encontram-se na dimensão espiritual. O Céu é destinados àqueles que perseveraram nas doutrinas determinadas por Deus e o Inferno aos desobedientes às verdades bíblicas.

 céu
Medite nestes textos:
a)
"Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e horror eterno." Dn 12.2;
b) "Ora, havia certo homem rico que se vestia de púrpura e de linho finíssimo e que, todos os dias, se regalava esplendidamente. Havia também certo mendigo, chamado Lázaro, coberto de chagas, que jazia à porta daquele; e desejava alimentar-se das migalhas que caíam da mesa do rico; e até os cães vinham lamber-lhe as úlceras. Aconteceu morrer o mendigo e ser levado pelos anjos para o seio de Abraão; morreu também o rico e foi sepultado. No inferno, estando em tormentos, levantou os olhos e viu ao longe a Abraão e Lázaro no seu seio. Então, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim! E manda a Lázaro que molhe em água a ponta do dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro igualmente, os males; agora, porém, aqui, ele está consolado; tu, em tormentos. E, além de tudo, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que querem passar daqui para vós outros não podem, nem os de lá passar para nós. Então, replicou: Pai, eu te imploro que o mandes à minha casa paterna, porque tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de não virem também para este lugar de tormento. Respondeu Abraão: Eles têm Moisés e os Profetas; ouçam-nos. Mas ele insistiu: Não, pai Abraão; se alguém dentre os mortos for ter com eles, arrepender-se-ão. Abraão, porém, lhe respondeu: Se não ouvem a Moisés e aos Profetas, tampouco se deixarão persuadir, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos."Lc 16.19-31;
c) "Ora, se é corrente pregar-se que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como, pois, afirmam alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos?... Visto que a morte veio por um homem, também por um homem veio a ressurreição dos mortos... Mas alguém dirá: Como ressuscitam os mortos? E em que corpo vêm? Insensato! O que semeias não nasce, se primeiro não morrer; e, quando semeias, não semeias o corpo que há de ser, mas o simples grão, como de trigo ou de qualquer outra semente. Mas Deus lhe dá corpo como lhe aprouve dar e a cada uma das sementes, o seu corpo apropriado. Nem toda carne é a mesma; porém uma é a carne dos homens, outra, a dos animais, outra, a das aves, e outra, a dos peixes. Também há corpos celestiais e corpos terrestres; e, sem dúvida, uma é a glória dos celestiais, e outra, a dos terrestres. Uma é a glória do sol, outra, a glória da lua, e outra, a das estrelas; porque até entre estrela e estrela há diferenças de esplendor. Pois assim também é a ressurreição dos mortos. Semeia-se o corpo na corrupção, ressuscita na incorrupção. Semeia-se em desonra, ressuscita em glória." 1Co 15.12,21,35-42;
d) "Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro;" 1Ts 4.16
Em lugar algum, a Bíblia faz referência ao purgatório e ou a existência de um local de purificação pós-morte.
1 – Céu:
Na visão dos judeus achava-se simbolizado pelo Santo dos Santos, e era a Casa de Deus e dos anjos. O Senhor Jesus Cristo era originário deste céu e para o qual voltou após a ressurreição ("Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o vistes subir." At 1.11) e em breve retornará a terra ("Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro." 1Ts 4.16). Paulo foi levado a este céu ("Conheço um homem em Cristo que, há catorze anos, foi arrebatado até ao terceiro céu (se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe)" 2Co 12.2).
A falta de entendimento sobre as coisas espirituais, até mesmo, pela incapacidade do homem em compreender a “dimensão espiritual” na qual o Senhor encontra-se, bem como, o Seu reino; faz surgir diversas idéias extremamente pobres sobre o paraíso. Entre elas:
- O céu é um lugar vazio, todos ficarão “boiando” no espaço, numa eternidade cansativa;
- O homem será desprovido de entendimento e vontade;
- A memória será apagada, inclusive, perdendo-se a identidade pessoal;
- Não reconheceremos uns aos outros;
- entre outras.
É preciso compreender que o Senhor Deus vive numa “dimensão” a espiritual, totalmente diferente desta na qual vivemos, física e dependente do tempo. O Pai está numa região onde as coisas existem, numa pobre comparação, tão palpável quanto as existente aqui neste planeta; porém, numa magnitude incompreensível a mais brilhante das mentes humanas. Paulo diz: “... arrebatado ao Paraíso e ouviu palavras indizíveis, as quais não é lícito ao homem referir”. 2Co 12.4. É necessário que nossa mente seja aberta e que cresça a idéia de quão magnífico é o Senhor, Suas obras são poderosas e perfeitas. O céu é um paraíso, maravilhoso demais para ser descrito por palavras humanas, preparadas exclusivamente para os que permaneceram firme nas promessas de Salvação. Nos céus seremos eternamente felizes, está diante do Todo Poderoso e contemplar a sua glória e amor será o nosso prazer. A contemplação da glória do Senhor Jesus nos fará entender a extensão do sacrifício e quanto nos amou; em nosso peito arderá o desejo de “gastarmos” a eternidade em louvores infindáveis ao Rei dos Reis.
O Céu é prometido àqueles que são fiéis às ordenanças de Deus.
a) “Na casa de meu Pai há muitas moradas." Jo 14.2
b) “Assim diz o Senhor: O céu é o meu trono.” Is 66.1
O Céu é:
a) Lugar eterno:
"Sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos da parte de Deus um edifício, casa não feita por mãos, eterna, nos céus." 2Co 5.1;
"O teu trono, ó Deus, é para todo o sempre; cetro de eqüidade é o cetro do teu reino." Sl 45.6;
"O teu reino é o de todos os séculos, e o teu domínio subsiste por todas as gerações. O SENHOR é fiel em todas as suas palavras e santo em todas as suas obras." Sl 145.13.
b) Alto lugar:
"Porque assim diz o Alto, o Sublime, que habita a eternidade, o qual tem o nome de Santo: Habito no alto e santo lugar, mas habito também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e vivificar o coração dos contritos." Is 57.15
c) Lugar de paz, sem fome, sem tristeza, dores e choro:
"Jamais terão fome, nunca mais terão sede, não cairá sobre eles o sol, nem ardor algum, pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes da água da vida. E Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima." Ap 7.16,17
Não é simbólico ou um estado de espírito. É real, não posso descrevê-lo, é impossível, maravilhoso demais!
Foram levados para esse lugar em vida:
a) Enoque: "Pela fé, Enoque foi trasladado para não ver a morte; não foi achado, porque Deus o trasladara. Pois, antes da sua trasladação, obteve testemunho de haver agradado a Deus." Hb 11.5
b) Elias: "Indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho." 2Rs 2.11
c) Senhor Jesus que retornou: "Varões galileus, por que estais olhando para as alturas? Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o vistes subir." At 1:11.
Foram arrebatados e contemplaram os céus:
a) Estevão: "Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, fitou os olhos no céu e viu a glória de Deus e Jesus, que estava à sua direita, e disse: Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem, em pé à destra de Deus." At 7:55,56
b) Paulo: "Se é necessário que me glorie, ainda que não convém, passarei às visões e revelações do Senhor. Conheço um homem em Cristo que, há catorze anos, foi arrebatado até ao terceiro céu (se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe) e sei que o tal homem (se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe) foi arrebatado ao paraíso e ouviu palavras inefáveis, as quais não é lícito ao homem referir." 2Co 12.1-4
c) João: "Achei-me em espírito, no dia do Senhor, e ouvi, por detrás de mim, grande voz, como de trombeta, dizendo: O que vês escreve em livro e manda às sete igrejas: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia. Voltei-me para ver quem falava comigo e, voltado, vi sete candeeiros de ouro e, no meio dos candeeiros, um semelhante a filho de homem, com vestes talares e cingido, à altura do peito, com uma cinta de ouro. A sua cabeça e cabelos eram brancos como alva lã, como neve; os olhos, como chama de fogo; os pés, semelhantes ao bronze polido, como que refinado numa fornalha; a voz, como voz de muitas águas. Tinha na mão direita sete estrelas, e da boca saía-lhe uma afiada espada de dois gumes. O seu rosto brilhava como o sol na sua força. Quando o vi, caí a seus pés como morto. Porém ele pôs sobre mim a mão direita, dizendo: Não temas; eu sou o primeiro e o último e aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno." Ap 1:10-18
2- Inferno:
A existência do Inferno é incontestável!
O verdadeiro Servo é aquele que está na presença do Pai, não pelo medo do inferno, sim, pelo prazer e satisfação de honrar e glorificar ao Senhor Deus.
Na Bíblia as palavras: Geena, Hades, Tártaro (grego) e Sheol (hebraico), são traduzidas pela palavra Inferno.
O Inferno é descrito como:
a) Castigo eterno: "E irão estes para o castigo eterno, porém os justos, para a vida eterna." Mt 25.46
b) Fogo eterno: "Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos." Mt 25.41
c) Chamas eternas e Fogo devorado: "Os pecadores em Sião se assombram, o tremor se apodera dos ímpios; e eles perguntam: Quem dentre nós habitará com o fogo devorador? Quem dentre nós habitará com chamas eternas?" Is 33.14
d) Fornalha acesa: "Mandará o Filho do Homem os seus anjos, que ajuntarão do seu reino todos os escândalos e os que praticam a iniqüidade e os lançarão na fornalha acesa; ali haverá choro e ranger de dentes... Assim será na consumação do século: sairão os anjos, e separarão os maus dentre os justos, e os lançarão na fornalha acesa; ali haverá choro e ranger de dentes." Mt 13.41,42,49,50
e) Lago de fogo: "E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo." Ap 20.15
f) Fogo e enxofre: "Seguiu-se a estes outro anjo, o terceiro, dizendo, em grande voz: Se alguém adora a besta e a sua imagem e recebe a sua marca na fronte ou sobre a mão, também esse beberá do vinho da cólera de Deus, preparado, sem mistura, do cálice da sua ira, e será atormentado com fogo e enxofre, diante dos santos anjos e na presença do Cordeiro." Ap 14.9,10
g) Fogo que não apaga: "A sua pá, ele a tem na mão e limpará completamente a sua eira; recolherá o seu trigo no celeiro, mas queimará a palha em fogo inextinguível." Mt 3.12
h) Lugar de punição: "Ora, se Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno, os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo;" 2Pe 2.4
i) Lugar de tormento: "No inferno, estando em tormentos, levantou os olhos e viu ao longe a Abraão e Lázaro no seu seio." Lc 16.23
3- PURGATÓRIO:
Trata-se de uma invenção do catolicismo, criada pelo papa Gregório I, em 593. O Concílio de Florença, realizado em 1439 a aprovou e foi confirmada no Concílio de Trento, em 1563. Sua sustentação está no livro de 2º Macabeus 12.42-46 (livro apócrifo.)
Não há na Bíblia textos que afirmam a existência do purgatório, na realidade, a Palavra de Deus mostra com clareza a existência de apenas dois destinos eternos, o Céu e o Inferno, que são selados com a morte.
Ouça as Palavras de Cristo:
"E Jesus terminou assim: —Portanto, estes irão para o castigo eterno, mas os bons irão para a vida eterna." Mt 25.46
O malfeitor crucificado ao lado do Senhor Jesus, tomado pelo arrependimento, recebeu a remissão dos pecados e a promessa da eminente ida para os céus. Cristo não disse: Passe uma temporada no purgatório, purifique-se e venha aos céus! As palavras do Senhor foram: “...em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.” Lc. 23:43.
A Bíblia Sagrada nos afirma:
“O sangue de Jesus Cristo, nos purifica de todo o pecado.” 1 Jo 1:7
A purificação dada por Cristo é suficiente para restaurar por completo nossa vida, transformando-nos em "Novas Criaturas": "E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas." 2Co 5:17
Só pela graça do Senhor Jesus somos salvos, por meio da fé e jamais exclusivamente pelas obras de justiça que possamos fazer.
Leia:
"Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie." Ef 2:8,9;
"Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação. Porquanto a Escritura diz: Todo aquele que nele crê não será confundido. Pois não há distinção entre judeu e grego, uma vez que o mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo." Rm 10:9-13;
"Visto que ninguém será justificado diante dele por obras da lei, em razão de que pela lei vem o pleno conhecimento do pecado. Mas agora, sem lei, se manifestou a justiça de Deus testemunhada pela lei e pelos profetas; justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo, para todos e sobre todos os que crêem; porque não há distinção, pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus, a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça, por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos; tendo em vista a manifestação da sua justiça no tempo presente, para ele mesmo ser justo e o justificador daquele que tem fé em Jesus. Onde, pois, a jactância? Foi de todo excluída. Por que lei? Das obras? Não; pelo contrário, pela lei da fé. Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé, independentemente das obras da lei." Rm 3:20-28;
"Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo; por intermédio de quem obtivemos igualmente acesso, pela fé, a esta graça na qual estamos firmes; e gloriamo-nos na esperança da glória de Deus. E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança. Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado. Porque Cristo, quando nós ainda éramos fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios. Dificilmente, alguém morreria por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém se anime a morrer. Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores. Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira." Rm 5:1-9.
A Bíblia não deixa-nos dúvida quanto à forma de Salvação.
Lembre-se:
Se temos ciência da existência de Deus, Jesus, Espírito Santo, diabo, demônio, anjos, céus, inferno, salvação, condenação, etc. ela veio através das páginas da Bíblia, não há outra fonte que traz a existência tal realidade. Portanto, é preciso que nos encaixemos nas verdades da Bíblia quanto à salvação. Não é uma atitude sábia trocarmos as informações bíblicas por teses e ou teorias teológicas criadas com fins duvidosos; o purgatório é um bom exemplo da ação humana.
Deixe o Espírito Santo de Deus envolver a tua vida!

Créditos: Ministério do Pastor Odilon

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Cimento Social em São Gonçalo

Marcelo Crivella
Mais uma casa mobiliada foi entregue pelo senador Marcelo Crivella (foto ao lado). Dessa vez, aconteceu no Jardim Catarina, conhecido como o maior loteamento da América Latina, no município de São Gonçalo (RJ).
Assim como outras quatro casas, no morro da Providência e em Jacarepaguá, na capital fluminense, essa também foi construída com recursos da venda de CDs e direitos autorais de Crivella – que ainda é cantor e compositor gospel. Foram reformadas ainda 55 casas no morro da Providência.
“O Cimento Social é para mudar o conceito de que programa de habitação popular é casa feita de qualquer jeito. Estamos plantando uma semente. Mostrando que dá para fazer em 3 dias uma casa digna e lindamente mobiliada.
E com um custo menor”, destacou o senador.
As residências são construídas com rapidez e segurança devido a uma tecnologia avançada, com conclusão em apenas 72 horas.
Entre algumas autoridades presentes na entrega da moradia à família beneficiada, estavam a vereadora de Nova Iguaçu, Rosângela Gomes, a presidente da Câmara Municipal da Angra dos Reis, Vilma dos Santos, a prefeita de São Gonçalo, Aparecida Panisset, e o deputado estadual Marcio Panisset.
O casal beneficiado, João e Elza de Almeida, tem seis filhas. Três delas são casadas e lhes deram três netos. As outras três são menores: Joselane, de 14 anos, Caroline, 12 e Vitória, 9, e moravam com os pais no pequeno barraco.
Segundo o senador, o Brasil possui imensas jazidas de calcário e argila (matéria-prima de todos os cimentos), abundância de madeira e autossuficiência em petróleo, portanto, possuidor de tintas e vernizes, plásticos e borrachas.
“Com um extraordinário parque siderúrgico – entre arames, vergalhões, perfis e placas. Além de mão de obra abundante esperando ser treinada e empregada com a angústia de um vigia que aguarda o amanhecer.
Por que razão nosso povo ainda vive em barracos e nossas crianças crescem entre ratos e baratas marcadas pelo estigma de inferioridade?”, indagou o senador.
Fonte: Folha Universal

domingo, 1 de novembro de 2009

QUANDO VOCÊ ACREDITA EM DEUS O MILAGRE ACONTECE

NESTE VIDEO VOCÊ VERÁ O DEPOIMENTO DE UMA MOÇAMBICANA QUE ESTAVA DESENGANADA PELOS MÉDICOS E ESTAVA PRESTES A TER A PERNA AMPUTADA, MAS ATRAVÉS DA FÉ E COM AJUDA DE 2 OBREIRAS DA IGREJA, ELA FOI CURADA.

Aos olhos de DEUS nada é impossível

"DE TI FAREI UMA GRANDE

NAÇÃO"

Mas, como fazer uma grande nação de alguém fiel a uma única mulher, sendo ela estéril?

Pergunta semelhante é feita no dia-a-dia, quando uma pessoa se depara com um problema insolúvel, ou uma doença incurável, quando os exames médicos e os profissionais da Ciência afirmam não haver nehuma chance.

Do ponto de vista humano, a solução pode parecer absolutamente impossível, mas aos olhos de Deus, nada é impossível! Abraão acreditou na Palavra de Deus e agiu a sua crença de forma prática, e não teórica, como muitos que se dizem cristãos.

Aí está o grande conflito entre a e a razão; entre a fé na Palavra de Deus e a fé na palavra da Ciência. Se, por um lado, temos a Ciência afirmando categoricamente não haver saída, por outro lado temos a Palavra de Deus que garante: "Eu sou o Senhor, que te sara" (Êxodo 15:26)

O que fazer então? A solução para a pessoa que se encontra entre uma e outra palavra vai depender da atitude de fé que tomar.

Se ela se lançar a Palavra de Deus, mas deixar uma dúvida no coração, por menor que seja nada vai acontecer! Se, porém, ela se jogar de corpo, alma e espírito sobre a promessa de Deus, a cura acontecerá. Tem de acontecer!

A primeira grande promessa a Abraão não foi lhe dar uma grande nação, mas fazer surgir dele uma grande nação! É exatamente o que Deus deseja fazer de cada um de nós.

Os que pensam que a grande nação gerada de abraão é Israel, estão olhosmuito enganados. É como o Senhor mesmo disse: "...de ti farei uma grande nação" (Genesis 12:2)

Através de Abraão, o Senhor então viria a gerar um povo separado de todos os demais da Terra, e desse povo faria nascer Seu Filho. Este reconquistaria o domínio e autoridade para aqueles que propusessem a se submeter a Sua Palavra. Daí nasceu o Reino de Deus.

O problema de muitas pessoas é que elas não estão dispostas a ouvir a voz de Deus, mas querem fazer a sua própria vontade.

APRESENTAÇÕES EM POWER POINT PARA VOCÊ

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin