domingo, 3 de janeiro de 2010

OS ATRIBUTOS DE DEUS

Quais são os principais atributos exclusivos de Deus?

  1. Deus é onipresente, isto é, Ele está presente em todos os lugares ao mesmo tempo (Salmos 139.7-12; Jeremias 23.23-24).
  2. Deus é onisciente, isto é, Ele sabe todas as coisas (Salmos 139.1-6 e 147.5). Ele conhece não apenas o nosso comportamento, mas também todos os nossos pensamentos e corações (1 Samuel 16.&; Reis 8.39; Salmos 44.21; Jeremias 17.10).
  3. Deus é onipotente, isto é, Ele é o Todo-Poderoso e detém a autoridade suprema sobre todas as coisas e as criaturas nos céus, na terra e debaixo da terra; enfim, em todo o universo (Salmos 147.15-18; Isaias 40.12-31; Jeremias 32.17; Mateus 19.26; Lucas 1.37). Isso não significa dizer que Deus emprega todo o Seu poder e autoridade em todos os momentos. Por exemplo, Ele poderia exterminar com o diabo e seus demônios em um segundo; entretanto, Ele tem limitado o Seu poder, quando o emprega através do Seu povo. Nesse caso, o Seu poder depende do nosso grau de entrega e de submissão a Ele.
  4. Deus é eterno, ou seja, Ele é de eternidade à eternidade (Salmos 90.2; Isaías 40.14). Deus é o Princípio e o Fim, o que significa que tudo começa com Ele e termina com Ele (Apoclipse 22.13). Ele não é limitado pelo tempo humano (conforme Salmos 90.4 e 2 Pedro 3.8)
  5. Deus é imutável, quer dizer: Ele é inalterável nos Seus atributos, nas Suas perfeições e nos Seus propósitos a raça humana (Números 23.19; Salmos 102.26-28; Malaquias 3.6; Hebreus 1.11-12; Tiago 1.17). Isso não significa, porém, que Deus nunca altere Suas decisões de castigo por causa do arrependimento sincero dos pecadores, conforme aconteceu com os ninivitas (Jonas 3.5-10) Além disso, Ele é livre para atender as necessidades do ser humano e as orações do Seu povo. Em vários casos, a Bíblia fala de Deus mudando uma decisão como resultado das orações perseverantes dos Seus servos (Números 14.1-20; 2 Reis 20.1-6).
  6. Deus é perfeito e santo, isto é, Ele é absolutamente isento de pecado e perfeitamente justo (Levítico 11.44-45; Salmos 145.17; Mateus 5.48). A perfeição de Deus deu origem à perfeição de Adão e Eva, sem pecado (conforme Gênesis 1.31), mas com livre direito de tomarem as suas próprias decisões. Entretanto, Deus não pode pecar (Números 23.19; 2 Timóteo 2.13; Tito 1.2).
  7. Deus é trino, isto é, Deus-Pai, Deus-Filho e Deus-Espírito Santo. São três Pessoas distintas, ms um só Deus. Quando João Batista realizou o batismo do Senhor Jesus, Ali houve a manifestação da Santíssima Trindade: o Deus-Filho sendo batizado, o Deus-Espírito descendo em forma de pomba e o Deus-Pai falando dos céus: "Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo." (Mateus 3.17)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

APRESENTAÇÕES EM POWER POINT PARA VOCÊ

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin