quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Ouça Filho a instrução do vosso Pai

PROVÉRBIOS 4

Ouvi, filhos, a instrução do pai, e estai atentos para conhecerdes a prudência.
Pois dou-vos boa doutrina; não deixeis a minha lei.
Porque eu era filho tenro na companhia de meu pai, e único diante de minha mãe.
E ele me ensinava e me dizia: Retenha o teu coração as minhas palavras; guarda os meus mandamentos, e vive.
Adquire sabedoria, adquire inteligência, e não te esqueças nem te apartes das palavras da minha boca.
Não a abandones e ela te guardará; ama-a, e ela te protegerá.
A sabedoria é a coisa principal; adquire pois a sabedoria, emprega tudo o que possuis na aquisição de entendimento.
Exalta-a, e ela te exaltará; e, abraçando-a tu, ela te honrará.
Dará à tua cabeça um diadema de graça e uma coroa de glória te entregará.
Ouve, filho meu, e aceita as minhas palavras, e se multiplicarão os anos da tua vida.
No caminho da sabedoria te ensinei, e por veredas de retidão te fiz andar.
Por elas andando, não se embaraçarão os teus passos; e se correres não tropeçarás.
Apega-te à instrução e não a largues; guarda-a, porque ela é a tua vida.
Não entres pela vereda dos ímpios, nem andes no caminho dos maus.
Evita-o; não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo.
Pois não dormem, se não fizerem mal, e foge deles o sono se não fizerem alguém tropeçar.
Porque comem o pão da impiedade, e bebem o vinho da violência.
Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.
O caminho dos ímpios é como a escuridão; nem sabem em que tropeçam.
Filho meu, atenta para as minhas palavras; às minhas razões inclina o teu ouvido.
Não as deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-as no íntimo do teu coração.
Porque são vida para os que as acham, e saúde para todo o seu corpo.
Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.
Desvia de ti a falsidade da boca, e afasta de ti a perversidade dos lábios.
Os teus olhos olhem para a frente, e as tuas pálpebras olhem direto diante de ti.
Pondera a vereda de teus pés, e todos os teus caminhos sejam bem ordenados!
Não declines nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé do mal.

Provérbios 4:1-27

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Você está preparado?

 

 

Quanto tempo nos resta?

Não torne sua conversão impossível

arrebatamento

A experiência tem nos mostrado que quando os espíritos imundos tomam posse da mente de uma pessoa, eles podem controlar todo o corpo e fazer dele instrumento imoral do prazer, além de roubar, mentir, enganar, odiar e tudo mais concernente à obra do diabo, mas, ainda assim, a libertação dessa pessoa não é difícil. Entretanto, quando eles tomam posse do coração da pessoa, aí a libertação se torna mais complexa, tendo em vista o fato de que o centro das emoções daquela pessoa está controlado pela força do mal. Para essa é muito mais difícil entender a mensagem do amor de Deus, muito embora isso signifique ser impossível.

Quando se trata, entretanto, de pessoas que foram libertas e se converteram ao cristianismo, mas permitiram, por um motivo ou por outro, que seus corações fossem atingidos pelo espírito desse mundo, então a conversão se torna impossível. É justamente isso o que a Bíblia nos ensina, dizendo: "É impossível, pois, que aqueles que uma vez foram iluminados e provaram o dom celestial e se tornaram participantes do Espírito Santo, e provaram a boa palavra de Deus e os poderes do mundo vindouro, e caíram, sim, é impossível outra vez renová-los para arrependimento, visto que de novo estão crucificando para si mesmos o Filho de Deus, e expondo-o à ignomínia" Hebreus 6.4-6.

"...Porquanto se não vigiares, virei como ladrão, e não conhecerás de modo algum em que hora virei contra ti" Apocalipse 3.3.

Em várias ocasiões o Senhor Jesus advertiu os Seus seguidores a respeito da Sua Segunda Vinda; Ele nunca disse quando, mas sempre deixou claro que será repentina, de surpresa, como quando vem o ladrão! E quando o ladrão vem? Ninguém sabe. A Segunda Vinda de nosso Senhor Jesus pode ser bem comparada com a morte: quando será nosso último instante de vida? Quem pode nos dizer quanto tempo nos resta? Da mesma forma como ninguém sabe quando passará a eternidade, assim também será a  vinda do Filho do Homem! O mais importante de tudo é estar preparado; é saber se o perdão oferecido gratuitamente pelo Senhor já foi aceito e se há certeza de salvação eterna! Nós precisamos tanto estar preparados para passar para a eternidade quanto para a Segunda Vinda do nosso Senhor Jesus; porque tanto a primeira quanto a segunda serão inesperadas.

FONTE: www.arcauniversal.com

APRESENTAÇÕES EM POWER POINT PARA VOCÊ

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin