terça-feira, 30 de abril de 2013

CATOLICISMO - Algumas verdades - Parte I

IGREJA CATÓLICA É A MAIS ANTIGA?

Igreja CatólicaA história mostra que a Igreja Católica nasceu somente em 325 D.C. com o Concílio de Nicéia, promovido por Constantino. Ela recebeu este nome somente em 381 com o imperador Teodósio.
Conclusão: A Igreja Católica não é a mais antiga. A Bíblia responde que o ínicio da Igreja cristã foi trezentos anos antes em Jerusalém, e não em Roma..

A TRADIÇÃO DA IGREJA CATÓLICA TEM O MESMO PESO DAS ESCRITURAS SAGRADAS?

A história mostra que em 1546 a Igreja Católica colocou a tradição eclesiástica em pé de igualdade com as Escrituras. Por diversos fatores, dificultou-se a livre leitura da Bíblia. Muitos ficaram sem conhecer a Palavra de Deus por séculos. Deste modo, milhares de pessoas nasceram, viveram e morreram mergulhadas na superstição, sem terem conhecido o plano de salvação. Jesus condenou duramente tal prática.
A Bíblia diz:
Ele, porém, lhes respondeu: Por que transgredis vós também o mandamento de Deus, por causa da vossa tradição? (Mateus 15:3)
E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens. Negligenciando o mandamento de Deus, guardais a tradição dos homens. E disse-lhes ainda: Jeitosamente rejeitais o preceito de Deus para guardardes a vossa própria tradição”. (Marcos 7:7-9)
vocês invalidão a palavra de Deus pela vossa própria tradição, que vós mesmos transmitistes; e fazeis muitas outras coisas semelhantes”. (Marcos 7:13)
 
Fonte: Livro Ferramenta - 100 respostas Bíblicas para o Catolicismo de Édino Melo

VEJA TAMBÉM: CATOLICISMO - Algumas Verdades - parte II



segunda-feira, 22 de abril de 2013

Tudo concorre para o bem

     O pregador Bernard Gilpin (1517 - 1583) foi preso por pregar o evangelho durante a época em que a rainha Mary perseguia os protestantes.

      Ele Foi levado para ser executado na cidade de Londres, mas para espanto de sua guarda ele vivia repetindo: "Tudo concorre para o bem". No caminho para Londres, ele caiu do cavalo e se machucou e assim, por alguns dias, eles não puderam continuar a viagem.

      Ele virou-se para os guardas e disse: "Eu não tenho dúvidas que até mesmo este doloroso acidente provará ser uma benção".
      Finalmente ele conseguiu chegar ao destino. Quando se aproximavam da cidade de Londres, bem depois do esperado, eles ouviram os sinos da igreja. Então perguntaram para algumas pessoas o motivo de os sinos estarem tocando. 
      A resposta:  "A rainha Mary morreu, e não haverá mais fogueiras para os protestantes".
      Gilpin olhou para os guardas e disse: "Vejam, tudo caminha para o bem". Ele manteve-se íntegro em sua fé e Deus usou o atraso devido àquele acidente para salvar sua vida.

sábado, 20 de abril de 2013

FUI EU QUE FIZ ISSO!

https://www.youtube.com/watch?v=sLxxlo118z4

 

John Nelson Darby viveu na Grã-Bretanha no século 19 e ficou conhecido pela autoria de dezenas de livros e hinos e de uma excelente tradução da Bíblia a partir do grego e hebraico. Curiosamente um dos textos que ele mais ajudou a divulgar nem era de sua autoria, mas de autor desconhecido. Foi descoberto após sua morte anotado em sua Bíblia, como se fosse uma carta recebida de Deus, e nos ajuda a entender que Deus sempre responde nossas orações. Porém a resposta pode ser “Sim”, “Não” ou “Espere”. O texto diz assim:
“Os desapontamentos da vida são, na realidade, apenas determinações do meu amor. Hoje tenho uma mensagem para você, meu filho. Vou segredá-la suavemente ao seu ouvido, para que quando surgirem as nuvens, que são um prenúncio tempestade, elas sejam douradas de glória, e para que os espinhos nos quais você talvez tenha que pisar se quebrem. A mensagem é curta -- uma simples frase -- mas deixe que ela penetre no fundo do seu coração e sirva para você como um travesseiro onde possa descansar a sua cabeça fatigada: ‘Fui eu que fiz isso’ (1 Rs 12:24).
Você já parou para pensar que tudo o que lhe diz respeito também diz respeito a mim? Porque aquele que tocar em você toca na menina dos meus olhos (Zc 2:8). Você é precioso para mim e é por isso que eu me interesso especialmente por seu crescimento espiritual. Quando a tentação o assalta e o inimigo chega como uma inundação (Ap 12:15), quero que saiba que ‘fui eu que fiz isso’.
Eu sou o Deus das circunstâncias. Você não foi colocado onde está por acaso, mas porque é o lugar que escolhi para você. Você não orou pedindo para ser humilde? Pois fique sabendo que o lugar onde está é o único onde poderá aprender bem esta lição. É por meio de tudo e de todos ao seu redor que a minha vontade se cumprirá em você.
Você tem dificuldades financeiras? Está difícil viver com o que ganha? ‘Fui eu que fiz isso’, pois eu sou o dono de todas as coisas. Quero que receba tudo de mim e dependa exclusivamente de mim. Minhas riquezas são ilimitadas. (Fp 4:19). Prove-me, para que não se diga a seu respeito que não creu no Senhor seu Deus.
Você está passando pela noite escura da aflição? ‘Fui eu que fiz isso’. Eu sou o Homem de dores e experimentado em trabalhos (Is 53:3). Deixei que você ficasse sem qualquer auxílio humano para que se voltasse para mim para encontrar consolação eterna (2 Ts 2:16, 17).
Você está desiludido com algum amigo a quem talvez tenha aberto seu coração? ‘Fui eu que fiz isso’. Permiti esse desapontamento para você aprender que seu melhor amigo é Jesus, que o livra de cair e combate as suas batalhas. Sim, Jesus é o seu melhor Amigo. Eu anseio por ser seu confidente.
Alguém disse coisas falsas a seu respeito? Não fique irado; chegue mais perto de mim, debaixo das minhas asas, longe de qualquer discussão, porque eu deixarei claro como a alvorada que você é justo, e como o sol do meio-dia que é inocente (Sl 37:6).
Seus planos foram frustrados? Você se sente esmagado e abatido? ‘Fui eu que fiz isso’. Acaso não foi você quem fez os planos e depois pediu que eu os abençoasse? Sou eu quem deseja fazer os seus planos. Eu assumirei essa responsabilidade, porque ela é pesada demais para você. Você não seria capaz de carregá-la sozinho, pois não passa de um instrumento. (Ex 18:18).
Alguma vez você desejou fervorosamente fazer alguma grande obra para mim? E, em vez disso, você foi deixado de lado, num leito de dor e sofrimento? ‘Fui eu que fiz isso’. Eu não poderia prender sua atenção de outra forma, enquanto você estava tão ativo. Quero ensinar-lhe algumas das minhas lições mais profundas. Somente aqueles que aprendem a esperar pacientemente é que podem me servir. Às vezes os meus melhores obreiros são aqueles que foram colocados fora do serviço ativo a fim de poderem aprender a manejar melhor a arma que se chama oração.
Você foi chamado de repente a ocupar uma posição difícil, cheia de responsabilidades? Vai em frente, conte comigo. Estou colocando você nessa posição cheia de dificuldades simplesmente porque abençoarei você em tudo o que fizer (Dt 15:18).
Ponho hoje em suas mãos o vaso de santo azeite. Tira o quanto você quiser, meu filho, para que toda circunstância que surgir em seu caminho -- cada palavra que o magoe, cada obstáculo que prove a sua paciência, cada manifestação de sua fraqueza -- possa ser ungida com este óleo. Lembre-se de que os obstáculos são instruções divinas. A dor que você sofrer será na medida certa para você me enxergar em todas as coisas. Portanto, aplique o seu coração a todas as palavras que hoje digo a você, pois elas são a sua vida (Dt 32:46, 47).”

FONTE: Mario Persona - http://www.3minutos.net/

domingo, 14 de abril de 2013

Agrada-te do Senhor

Quando nos colocamos sob a vontade de Deus, Ele supre as necessidades e os desejos do nosso coração

Há pessoas que só se preocupam em satisfazer as suas vontades, e só veem no Senhor Jesus a solução de sua satisfação pessoal. Tais pessoas estão sempre buscando aquilo que tanto almejam e, se conseguem imediatamente se voltam em busca de outra coisa que lhes traga nova satisfação, e assim vão perdendo a comunhão com Deus. A preocupação constante delas é o  "pão nosso de cada dia".  Embora seja justo que peçamos a Deus o suprimento de nossas necessidades, pois Ele é o nosso Senhor e Pai, contudo, na maioria das vezes, as pessoas estão tão voltadas para si mesmas e para a sua satisfação própria que se esquece de se dar a Deus. O Senhor Jesus, quando nos ensinou a orar, disse: "pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome, venha a nós o teu reino, seja feita a tua vontade assim na terra como no céu", e então, "o pão nosso de cada dia dá-nos hoje..." (Mt. 6.9). Muitas vezes as pessoas não recebem as bênçãos em suas vidas, porque lhes falta esse conhecimento, e porque se esquecem de primeiro dar o seu coração a Deus.

No Salmo 37:4, está escrito: "Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará aos desejos do teu coração". Sabe, leitor, como as bênçãos começam a surgir em nossa vida? Quando deixamos de nos preocupar com as coisas que queremos.

Muitas vezes agimos como criancinhas, pois não somos pacientes e aquilo que queremos deve vir imediatamente. Cobramos de Deus logo uma resposta, porque está escrito: "Pedi e ser-vos-á dado". E, muitas vezes, a ansiedade é tanta, que o diabo entra em cena e nos dá o que tanto almejamos, só para  destruir a nossa vida. E falhamos porque somos precipitados e entramos por um caminho de  busca, de insatisfação e de querer. Quantas vezes dizem: "Já orei, jejuei, outros já oraram por mim, não obtive resposta..." E até esfriam na fé, porque estão ansiosas  por conseguir aquele objetivo, que se esquecem que só o Senhor é Deus. Elas se esquecem de que primeiro o Senhor deve ser louvado e glorificado, que primeiro devemos nos agradar dEle e amá-lo sobre todas as coisas. Quando há essa entrega na vida das pessoas, então elas se esquecem de si mesmas e entregam verdadeiramente o seu coração e as suas necessidades nas mãos de Deus. O objetivo constante delas torna-se em agradar ao Senhor, porque passam a reconhecer a Sua bondade em todas as circunstâncias, e a compreender que em "tudo devemos dar graças" (I Ts:4.18).

E sabe o que acontece quando a nossa primeira preocupação é agradar sinceramente ao Senhor, de todo o nosso coração? Ele também se agradará de nós!

Qual é o pai que não se preocupa em dar o melhor para o seu filho, principalmente quando este filho o respeita e faz tudo para agradá-lo?

Tenho como exemplo a minha própria vida, pois tudo aquilo com o qual me preocupei, e que busquei ansiosamente não deu em nada. E quando deixei de lado, e procurei sinceramente fazer a vontade de Deus, então, as bênçãos começaram a surgir em minha vida.

Quando nos colocamos sob a vontade de Deus, então Ele, que conhece as nossas necessidades e os desejos do nosso coração e  sabe tudo a nosso respeito, "nos dará graciosamente todas as coisas". Ele que respeita a nossa vontade, sabe o que nos agrada, muito mais do que nós mesmos. E se aquilo o que desejamos é justo e não prejudica ninguém, Ele permitirá que nós o tenhamos.

Leitor, glorifique ao Senhor com o seu coração e com as suas atitudes, e a presença d'Ele em você será tão grande, que as pessoas ao redor vão ver a luz de Cristo em sua vida. E aqueles problemas grandes que você enfrenta vão se tornar diminutos, porque a presença de Deus em você lhe dará forças para lutar e vencer.

FONTE: www.arcauniversal.com

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Silas Malafaia no TV Fama: 'Daniela Mercury não nasceu gay'

 

Em entrevista ao TV Fama, da RedeTV!, na última quarta-feira, 10, o pastor Silas Malafaia opinou sobre a declaração de amor que Daniela Mercury fez à sua namorada. “Ela não nasceu gay”, afirmou.

  • silas malafaia

    Silas Malafaia fala em entrevista ao TV fama. Quarta-feira, 10 de abril de 2013.

“Então ela não nasceu gay, né? Interessante. Eles dizem que nasce. Ela é mãe, foi casada não sei quantos anos com um empresário. É interessante, né? Então quer dizer que ela não nasceu gay?”, ironizou Malafaia fazendo referência às afirmações do biólogo Eli Vieira que contestou a afirmação do pastor de que ninguém nasce gay.

Segundo Malafaia, o relacionamento homossexual de Daniela Mercury “é opção dela”. “Casamento é um homem e uma mulher, o resto é par”, afirma.

“Eles querem colocar limite na liberdade de expressão”, diz Malafaia. Ele citou o caso das declarações dadas pela cantora Joelma e lembrou que, o que foi dito, é sua opinião. “Ela é livre”.

O pastor reafirmou ainda sua opinião, com base em preceitos bíblicos de que a homossexualidade é pecado. “Eu tenho crenças e valores nessa questão”, disse.

Ainda na entrevista, Silas Malafaia disse separar os ativistas gays dos homossexuais e afirmou que os ativistas querem impor sua opinião para descriminar pessoas que têm opiniões contrárias às suas.

“Se todo mundo concorda com o que um grupo social quer, isso não é liberdade de expressão, é ditadura da opinião”, afirmou.

Malafaia foi assunto na mídia após ser entrevistado por Marília Gabriela e afirmar que ninguém nasce homossexual. O assunto repercutiu na mídia, causando discussão e polêmica.

Na próxima segunda-feira, 15, o pastor irá participar do programa Super Pop, também da RedeTV!.

Confira a entrevista cedida ao TV Fama

.

APRESENTAÇÕES EM POWER POINT PARA VOCÊ

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin