sábado, 28 de fevereiro de 2015

O cristão deve guardar o dia de sábado?

Deus fez o mundo em 6 dias e no sétimo descansou

Imagine se todo o mundo tivesse de descansar exatamente no dia de sábado. Hospitais, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia, profissionais da área da saúde, enfim, todos os serviços públicos urgentes estariam literalmente paralisados. E se neste dia houvesse um acidente ou qualquer catástrofe? Como socorrer os acidentados? Como apagar os incêndios? Como atender uma mulher que vai dar à luz? Deveria esperar até o domingo?

A Bíblia diz:

"E acrescentou: O sábado, ou o sétimo dia, foi estabelecido por causa do homem, e não o homem por causa do sábado, ou do sétimo dia." Marcos 2.27

Deus fez o mundo em 6 dias e no sétimo descansou. Ele não mandou guardar o sábado e sim o sétimo dia. O sétimo dia para uns não o é para outros. Se começarmos a trabalhar no domingo, então o sétimo dia será o sábado. Se começarmos a trabalhar na segunda-feira, então o sétimo dia será no domingo, e assim por diante. Isto é, o sétimo dia de descanso pode ser qualquer dia da semana. Não necessariamente no sábado.

E Deus fez assim justamente porque já sabia que seria impossível todos guardarem um mesmo dia. Esse raciocínio é a fé unida à inteligência. Só isso!

Jesus curou num dia de sábado e ainda deixou uma pergunta para os hipócritas: "Se sua ovelha cair em um buraco num dia de sábado, por acaso não vai socorrê-la só porque é sábado?"

Fonte: http://www.universal.org

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Símbolos do Espírito Santo

Os objetos mais simples foram usados por Deus para fazer liberar a fé das pessoas, mas de forma alguma servem para ser objeto de adoração

Da mesma forma como os nomes  variados identificamos trabalho do Espírito Santo nas pessoas regeneradas pela fé no Seu Santo Filho Jesus, também, através dos muitos símbolos, Ele Se faz representar.

E por que Deus usa símbolos para fazer-Se representar? Por que não utiliza imagens de escultura que são muito mais lógicas? A verdade é que: "Deus é espírito; e importa que os Seus adoradores O adorem em espírito e em verdade." João 4.24

Se, por acaso, Deus permitisse que as pessoas utilizassem imagens para O adorar, então, já não creriam pela fé, mas pelos seus próprios sentidos. E óbvio, que se alguém se curva diante de uma imagem, está focalizando a sua fé naquilo que está vendo; no que pode tocar com as mãos, ver com os olhos. Logo, a sua fé torna-se inválida, pois a definição de fé é: "Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam a convicção de fatos que se não veem." Hebreus 11.1

Se é a certeza de coisas que se esperam, como pode a pessoa ter fé em algo que está na sua frente? Como terá convicção de algo que não vê se diante dela está uma imagem esculpida?

Além do mais, ainda que Deus permitisse que se fizessem imagens para a Sua adoração, quem teria a capacidade de fazer a imagem de Deus? Ora, todo mundo sabe perfeitamente que as pessoas que trabalham com qualquer tipo de arte dependem de inspirações, e estas muitas vezes são criadas através dos variados tipos de tóxicos.

Veja, por exemplo, Miguel Ângelo foi um tremendo beberrão; quando pintou os tetos da Igreja Romana, estava totalmente embriagado. E também como poderia Deus permitir que alguém esculpisse a Sua imagem usando material perecível?

Quer dizer: é uma verdadeira barbaridade acreditar que Deus possa ser representado por imagens feitas pelas mãos de pecadores. Ele mesmo afirmou pelo profeta Isaías:

"Com quem comparareis a Deus? Ou que coisa semelhante confrontareis com Ele? O artífice funde a imagem, e o ourives a cobre de ouro e cadeias de prata forja para ela. O sacerdote idólatra escolhe madeira que não se corrompe e busca um artífice perito para assentar uma imagem esculpida que não oscile. Acaso, não sabeis? Porventura, não ouvis? Não vos tem sido anunciado desde o princípio? Ou não atentastes para os fundamentos da terra? Ele é o que está assentado sobre a redondeza da terra, cujos moradores são como gafanhotos; é Ele quem estende os céus como cortina e os desenrola como tenda para neles habitar; é Ele quem reduz a nada os príncipes e torna em nulidade os juízes da terra." Isaías 40.18-23

A simbologia é usada por Deus, porque jamais alguém vai desejar adorar a água, por exemplo, ou o vento, a chuva, o fogo. Além do mais, estes elementos simples ajudam as pessoas a liberar a verdadeira fé que está normalmente escondida dentro de cada uma delas. O Senhor Jesus usou de Sua saliva para fazer lodo e untar as vistas do cego, e depois o mandou lavar-se no tanque de Siloé para ser curado. Um simples ato de fé da parte do cego o fez enxergar; também o apóstolo Paulo usou seus lenços e aventais para curar e libertar os enfermos. Os objetos mais simples foram usados por Deus para fazer liberar a fé das pessoas, mas deforma alguma serviriam ou servem para ser objeto de adoração, porque isto deve ser exclusivamente em espírito e em verdade. Então, vejamos alguns símbolos do Espírito Santo:

1. Rios de água viva - João 7.38

2. Vento - João 20.22

3. Fogo - Êxodo 13.21

4. Óleo - Exôdo 29.7

5. Línguas - Atos 2.8

6. Orvalho - Salmos 133.3

7. Pomba - Mateus 3.16

8. Selo - 2 Coríntios 1.22

9. Chuva - Oséias 6.3

 

Fonte: http://www.universal.org/noticia/2015/02/02/simbolos-do-espirito-santo-20969.html

O Fim dos Tempos está mesmo próximo?

Os rumores de guerras têm aumentado, e fundador da Microsoft já fala em um governo mundial único

 

A despesa com armamentos aumentou 1,7% em escala mundial em 2014, conforme informou a agência de notícias espanhola EFE. Depois de 3 anos em queda, o investimento militar tornou a subir, principalmente pelo rearmamento dos países emergentes.

Mesmo com os Estados Unidos diminuindo suas despesas militares, países como a China e a Arábia Saudita aumentaram as suas, o que ocasionou o crescimento do rearmamento.

Especialistas no assunto disseram, segundo a EFE, que os riscos crescentes de ataques terroristas de extremistas islâmicos contribuíram para alimentar o medo dos países ocidentais, daí a compra de armas e a formação de novas tropas. Os mesmos especialistas dizem, entretanto, que somente combates bélicos não são suficientes, pois os métodos de organizações como o Estado islâmico atacam em outras frentes, como a da comunicação, no que diz respeito ao recrutamento de novos seguidores.

Para muitos já há uma guerra em andamento contra o terrorismo islâmico. E a Bíblia fala claramente que, no Fim dos Tempos, haverá rumores de guerras (Marcos 13.7). Embora esse trecho bíblico diga que o fim não é agora, deixa claro que ele se aproxima. A hora de se preparar é agora. Quem realmente é filho de Deus e se entregou verdadeiramente a Ele deve manter sua posição numa guerra que já foi declarada há milênios.

Bill Gates e o governo mundial único

A Bíblia também fala de um líder mundial que será levantado e perseguirá todos os que seguem a Deus (Marcos 13.9).

Pois bem, recentemente, o megaempresário norte-americano da informática Bill Gates, que se destaca pelas causas sociais e cuja fortuna é uma das maiores do planeta, disse, em uma entrevista a um jornal alemão, que a única forma de combater os problemas mundiais é um governo mundial único. O fundador da Microsoft diz que o mundo está preparado para guerras, mas sofre com as mudanças climáticas, a poluição, a fome, a miséria e as doenças, que nunca são solucionadas com os governos separados.

Em Apocalipse 13, é bem claro que um líder mundial carismático resolveria esses problemas, apoiado por aqueles que negariam o Senhor Jesus. Resolveria os problemas, mas a troco da Salvação dos cristãos verdadeiros, no que é chamado por muitos de a Grande Tribulação, o início do Fim dos Tempos.

Porém, o Apocalipse fala não só das profecias, mas de como podemos estar prontos para o arrebatamento, para a Salvação: caminhando com retidão, segundo os preceitos de Deus, ensinados pelo Senhor Jesus.

Você acredita que o Fim dos Tempos está mesmo próximo? Como tem agido em busca da sua Salvação? Deixe seu comentário a respeito disso e compartilhe esse alerta com seus amigos e familiares. O tempo pode ser breve.

Fonte: http://www.universal.org

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Você tem mesmo livre-arbítrio?

Entenda se todas as decisões da sua vida já foram ou não tomadas

Por: Andre Batista

Você sai de carro pela manhã, liga o rádio e sua consciência é livre para escolher a estação que desejar, certo? Errado. Pelo menos é isso o que mostra uma pesquisa realizada no Centro Bernstein de Neurociência Computacional, em Berlim, Alemanha.

De acordo com os resultados do estudo, antes de sua consciência “escolher” a estação de rádio, seu cérebro já sabia qual seria a escolha. Tomando o ponto de vista da pesquisa, o livre-arbítrio, optar por algo conscientemente, não existe, pois as decisões seriam tomadas pelo cérebro inconscientemente.

“Não sabemos até que grau de escolha e de ação isso acontece”, declarou o responsável pelo estudo, John Dylan-Haynes. “Ainda vamos precisar fazer muitas pesquisas.”

E o que a Bíblia diz?

Obviamente, os testes realizados em Berlim dizem respeito a pequenas escolhas entre algumas opções. O homem não é capaz de entender a forma como Deus age. Logo, entender o que é livre-arbítrio e como utilizá-lo é tarefa árdua.

Algumas pessoas acreditam na teoria do determinismo calvinista, linha de raciocínio surgida no século 16, que defende que Deus fez as opções pelo homem antes mesmo dele existir. Para essas pessoas, se Deus conhece o presente e o futuro, nenhuma escolha que o homem faça poderá mudar o que está por vir e, assim, não existe o livre-arbítrio, tudo está pré-determinado.

Não é isso, entretanto, o que a Bíblia nos mostra. Em diversas passagens é dado ao homem o poder de escolha, como no caso em que o faraó pôde optar entre seguir a Palavra de Deus, dita por Moisés, ou negá-la. O próprio Senhor lamenta, em Provérbios 48.18, as decisões tomadas pelos homens: “Ah! Se tivesses dado ouvidos aos Meus mandamentos! Então, seria a tua paz como um rio, e a tua justiça, como as ondas do mar.”

Deus nos deu livre-arbítrio para termos liberdade de pensar. “Ninguém pode amarrar o pensamento, mesmo que fosse colocado numa prisão ou vivesse num país de ditadura, atrás da cortina de ferro. Os pensamentos Divinos estão dentro de seu ser e permitem acesso ao Todo-Poderoso em qualquer lugar, sob quaisquer circunstâncias. Nenhum poder temporal mundano e nem o inferno podem impedir a comunicação com Deus”, diz o bispo Edir Macedo em uma de suas postagens no Facebook.

O homem possui, portanto, o direito de escolher. Mas também possui o dever de escolher sabiamente, “pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará” (Gálatas 6.7).

Você tem usado o livre-arbítrio de maneira sábia?

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Por que muitos torcem o nariz para a Universal?

Talvez esse texto seja para você

O que não faltam são ladainhas para justificar os quilômetros de distância e o pânico de muitos em colocar os pés num templo da Universal. Desde o imaginário que sustenta a ideia de que os pastores são "ladrões" ao ódio declaradamente gratuito.

Mas normalmente o coro engrossa diante da expectativa comum sustentada pela ideia de que "Deus está presente em todo lugar" e de que não é preciso ir a essa ou àquela igreja, pois "igreja ou religião alguma salva. Quem salva é Deus".

Vamos por partes. Será que Deus realmente está em todo lugar? Seria Ele conivente e faria Ele parte da vida sórdida que você leva? Tolerável com sua vida dupla cercada de mentiras, regada a traições e toda a sorte de sentimentos ruins que você carrega? Creio que não.

Agora, um ponto para você: "placa" de igreja e religião realmente não são 100% de garantia no quesito Salvação, para ninguém. Basta olhar ao seu redor para tristemente observar a quantidade de beatas, carolas, religiosos, crentes fracassados e frequentadores dominicais de igrejas cheios de si mesmo e com zero por cento de Deus – é só um alerta.

Enfim, diante deste ou daquele motivo, há quem se beneficie de toda situação para se esquivar de se entregar a Deus. Classificam esse assunto como um "papinho cafona". Se escondem por detrás do álibi de que "Deus é misericordioso. Ele nos entende" – isso é o que importa. Há quem se considere esperto. Mas eu questiono: como pai, você seria tolerante com os erros mais bizarros dos seus filhos? Duvido. Por que então Deus, com mais de 7 bilhões de pessoas no mundo, seria?

O pior é que, não o suficiente, normalmente são esses que adoram julgar e criticar a postura de fé dos outros. São os chamados "críticos de plantão". Falar de dízimo? Incomoda. Ofertas? Incomoda. Igreja Universal? E o Templo de Salomão? Será que incomoda?

Encare a verdade

O fato de a Universal ensinar as pessoas a viverem de acordo com os moldes da Palavra de Deus e, principalmente, ensiná-las a pensar, ponderar e questionar, acende a fúria e a insatisfação de muitos.

Aprendemos a usar a fé inteligente para conquistarmos uma vida de qualidade e próspera. Questionamos e desafiamos a lógica e não apenas afirmamos – mas garantimos – que há cura para os vícios.

Ponderamos e damos valor a algo tão banal e desvalorizado em nossa sociedade: casamento e família. Buscamos a libertação de toda praga de doenças e males em nome da fé em que cremos. Aprendemos que apenas a obediência à Palavra de Deus nos é garantia. Como poderíamos aceitar que toda sorte de engano e uma vida submetida às nossas condições humanas nos levariam ao Altíssimo?

O jeito é encarar a verdade. Acredite, dói menos. Muitos não querem colocar a planta dos pés na Igreja porque, além de não quererem se enquadrar à disciplina que a Palavra de Deus orienta, não querem abandonar sua fé medíocre, frouxa e teórica para assumir uma fé sólida na prática. Ponto.

Caro (a) leitor (a), talvez você se esquive de ir à Universal graças ao preconceito nascido do "disse me disse" da mídia. Que tal ir a uma igreja mais próxima e tirar as suas próprias conclusões?

Gostando ou não, acreditando ou não, leia (e confira) o que a Palavra de Deus diz:

E daí? Se alguns não creram, a incredulidade deles virá desfazer a fidelidade de Deus?Romanos 3.3

Fonte: http://www.universal.org

O Espírito Santo: Fidelidade

Ser fiel dentro da igreja não é nada, pois é fora dela que o caráter é provado

É muito interessante cada particularidade da expressão do amor, porque podemos notar que em cada "fruto" que foi explanado até aqui há um complemento ao anterior, como se fosse fechando um círculo. Cada um na dependência do outro, e todos expressando somente um, que é o amor.

Não há amor sem que haja fidelidade, assim como não há fidelidade se não há amor, tendo em vista que a fidelidade faz parte do caráter leal do amor, razão pela qual a fidelidade é o amor em exercício.

O Espírito Santo tem permitido que passemos por tribulações mil, a fim de provar a nossa fidelidade para com o nosso Senhor Jesus. Um exemplo disso é exatamente os dízimos e ofertas, pois sabemos que os dízimos significam a fidelidade para com o Senhor. É claro que Deus não precisa dos dízimos, pois não come, não bebe, não paga aluguéis etc. Ele não precisa manusear dinheiro ou coisa parecida, porque é Espírito. Porém, quando alguém se propõe a obedecer a Sua Palavra e pagar os dízimos, está nada mais, nada menos do que reconhecendo Jesus como o Senhor de todas as suas coisas, isto é, que o Senhor lhe deu o que tem, e que por causa disto devemos devolver-Lhe a décima parte para o desenvolvimento da Sua Obra ou do Seu Reino aqui na Terra. Isto é fidelidade a Deus!

No que tange às ofertas, há uma grande diferença em relação aos dízimos porque se os dízimos expressam a fidelidade, as ofertas expressam o amor a Deus, pois não há obrigatoriedade; a pessoa dá oferta de acordo com o amor que tem para com Deus e à Sua Obra, espontaneamente. Mas aí surge uma pergunta: não são a fidelidade e o amor inseparáveis? Como pode haver então separação das ofertas e dízimos, se cada um expressa simultaneamente o amor e a fidelidade?

É fácil compreender este assunto, quando se exemplifica: muitas vezes, o cristão se torna legalista, isto é, procura obedecer à risca o que está escrito, sem no entanto se envolver espiritualmente ou colocar o coração no que faz para o seu Senhor. É o caso daquele que paga os dízimos com absoluta fidelidade e exatamente aquilo que representa os dez por cento do salário-bruto. Com esta atitude, ele declara o seu amor e fidelidade a Deus, "Porque está escrito, e deve obedecer"  (veja Josué 23.6).  Entretanto, porque ele cumpriu com o seu "dever" biblicamente, omite as ofertas, ou quando muito, contribui com alguma oferta que não lhe fará nenhuma falta, apenas "porque o pastor pede ou a sacola passa".

Na realidade, esta atitude, embora pareça correta diante da igreja e do pastor, distorce o espírito de amor, porque quando pagamos os dízimos, devemos fazê-lo cônscios de que amamos a Deus e à Sua criatura, e queremos vê-la salva o mais rápido possível, assim como um dia o fomos. Daí, a fidelidade nos dízimos torna-se um prazer em contribuir para o engrandecimento do Reino de Deus aqui no mundo. Quando somamos aos dízimos as ofertas, o nosso amor e paixão pelas almas perdidas tomam-se uma obsessão!

O Espírito Santo tem visto e assistido a fidelidade de cada um de nós, especialmente quando "as coisas não vão como esperamos". Porque é muito fácil demonstrar a fidelidade enquanto tudo vai bem, porém, quando o céu está escuro e a tempestade começa a desabar, quando todas as portas se fecham e ninguém procura estender a mão num gesto de solidariedade e somente o desespero é companhia, a nossa  fidelidade é provada e provocada. Porque ser fiel dentro da igreja não é nada, é fora dela que o caráter fiel é provado.

Meu amigo leitor, se você é cristão realmente e está passando por algum problema difícil, e que por ser tão difícil está abalando a sua fé e, consequentemente, a sua fidelidade para com Deus, saiba que o Espírito de Deus não o abandonou e está assistindo a tudo o que se passa com você, e de acordo com as Suas promessas:

"Os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os Seus ouvidos estão abertos ao seu clamor. (...) Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito oprimido." Salmos 34.15-18

Alguma coisa vai acontecer neste momento, se você O invocar de todo o seu coração. Portanto, não vacile, porque as nuvens, por mais negras que possam ser, mais cedo ou mais tarde desaparecerão. Fique firme!

"Não temas as coisas que tens de sofrer. Eis que o diabo está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova, e tereis tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida." Apocalipse 2.10

(*) Texto retirado do livro "O Espírito Santo", do bispo Edir Macedo

FONTE: http://www.universal.org/noticia/2015/02/18/o-espirito-santo:-fidelidade-20922.html

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Por que Deus não me ouve?

Já se fez essa pergunta? Entenda melhor isso

Você deseja ardentemente algo. Pode ser uma coisa imediata, como uma cura, ou mesmo uma solução em médio prazo. Mas parece que nada acontece. Logo, você acha que está sendo ignorado. Que Deus lhe esqueceu, ou não se importa com você.

Mas pare para pensar: Deus não falha. Então, onde está o possível erro?

 

Veja algumas pistas:

  • Quando achamos que só porque oramos devemos ser atendidos, erramos feio. Deus não tem a menor obrigação de atender a uma oração e abençoar alguém que não se entregou verdadeiramente a Ele. Isso requer obediência (Salmo 5:12). A maioria confunde Seu amor incondicional com bênção incondicional. Vamos supor que você tenha pedido que Ele abençoe seu casamento. Antes disso, você e seu cônjuge dedicaram a união a Ele (Efésios 5.21-23)? Tornaram o Pai figura central no relacionamento, e não somente vocês dois?
  • Deus age no tempo dEle, não no seu. Ele é eterno. Sua ideia de tempo é bem diferente da nossa. Lembra do caso de Abraão? Deus prometeu um filho a ele. Mas Isaque nasceu muitos anos depois. Enquanto esperava pela bênção, Abraão manteve-se fiel a Deus, enquanto Sara tentou apressar as coisas com improvisos e causou problemas que perduram até os dias atuais para milhões de pessoas no mundo. Sara só via o agora, enquanto Abraão confiou em sua fé, de que seu filho viria, e obedecia. O tempo entre o querer e o ter é que prepara você para ter capacidade de manter a bênção quando ela lhe for concedida.
  • Esse caso de Sara nos lembra de que Deus trabalha no silêncio. Você já ouviu falar nisso. Quer ver outro caso? Na época do Êxodo, Deus falava ao povo por meio de Moisés. Um dia, o profeta subiu à montanha para que Deus lhe desse as tábuas com os Mandamentos. Enquanto ele estava lá em cima, o povo não sabia nada. Silêncio total de Deus. Como seu líder espiritual não voltava, o povo se cansou de esperar. Já que Deus não os atendia, então que tal procurar outro deus? Viu só o jogo interesseiro? Se um não lhe dá o que quer, procura outro? Fizeram um bezerro de ouro e o adoravam. Moisés desceu do monte e viu aquilo, enfurecendo-se e destruindo o bicho dourado. Depois, muita gente não entende o motivo de os hebreus terem padecido tanto tempo no deserto, sendo que oravam todos os dias pela Terra Prometida. Eles desejavam mais a bênção que a Deus, por isso não dava certo, até que as provações do deserto os fortaleceram e a entrega foi real. Aí, sim,cruzaram o rio Jordão e tomaram sua Canaã.

E você, acha que comete esses mesmos erros em sua vida? Ou agiu de outra forma e viu suas bênçãos acontecerem em um tempo bem menor? Deixe um comentário contando como foi e que resultados seu jeito de agir trouxe.

Aproveite para compartilhar esse texto com seus amigos e familiares. Talvez eles precisem fazer a parte deles para que também sejam abençoados. Talvez desejem muito algo, mas ainda não entenderam que antes a entrega a Deus é necessária.

Fonte: http://www.universal.org/noticia/2015/02/21/por-que-deus-nao-me-ouve-32194.html

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

50 tons de perversão

“50 tons de cinza” aumenta número de pessoas presas a objetos durante jogos sexuais em Londres

Por: Taís Gomes

Desde o Valentine’s Day (14 de fevereiro) – Dia dos Namorados nos Estados Unidos e em outros países –, um dos assuntos mais comentados é o lançamento do filme “50 tons de cinza”, inspirado no primeiro livro da trilogia de mesmo nome de E. L. James. O best-seller erótico ganhou leitores no mundo inteiro. Foram mais de 100 milhões de cópias vendidas, sendo traduzidas para mais de 50 idiomas.

Assim como os livros, que teriam mudado o comportamento de muitas mulheres – para pior –, o filme, lançado em quase 60 países, vem causando polêmica. Um dos cartazes de lançamento, por exemplo, convida o espectador a "perder o controle" (veja foto acima). Na China, Malásia, Indonésia e Quênia, o romance apimentado está vetado nas telas dos cinemas.

No enredo, o relacionamento entre um jovem milionário e uma universitária é baseado inteiramente na fantasia sexual. A jovem, que até então era virgem, se torna um objeto de desejo e depravação nas mãos do empresário bem-sucedido. A obsessão do protagonista é fruto de uma infância traumática de abuso e de ter crescido vendo a mãe no mundo da prostituição. Na busca incessante pelo prazer absoluto, o casal usa brinquedos eróticos, como algemas e chicotes, inspirados em ritos sadomasoquistas.

Jogos eróticos

Fora das telas, o longa tem influenciado casais que buscam “apimentar” a relação. Desde o lançamento do livro, o corpo de bombeiros de Londres, capital inglesa, percebeu o aumento de incidentes sexuais. A corporação até criou uma campanha nas redes sociais, intitulada “50 tons de vermelho” (no orginal, #FiftyShadesOfRed), pedindo que as pessoas tenham bom senso e alertando sobre o uso de jogos sexuais. Em 2013 e 2014, os bombeiros londrinos registraram mais de 470 ocorrências envolvendo pessoas presas ou enroscadas em objetos, entre eles algemas e anéis de dedo. Nos últimos 3 anos, o prejuízo das operações de salvamento em Londres teria ultrapassado a marca de 400 mil libras (R$ 1,7 milhão) por conta dessas ocorrências.

Segundo o autor do best-seller “Casamento blindado”, Renato Cardoso, o filme dita doutrinas e tem iludido solteiros e casados com a distorção do sexo. Leia aqui quais são esses “preceitos” citados no blog do autor pela americana Evelyn Higginbotham.

Durante o final de semana de estreia, o longa-metragem faturou em torno de US$ 94 milhões (cerca de R$ 266 milhões) só nos Estados Unidos, ultrapassando a estreia do filme “A Paixão de Cristo”, de 2004 (US$ 83,8 milhões).

O boicote

No entanto, o filme de grande audiência também recebeu críticas. A atleta norte-americana Lolo Jones, de 31 anos, por exemplo, escreveu em seu perfil no Twitter: “Engraçado como as pessoas acham que não há nada de errado com o ‘50 tons de cinza’. Deus não criou o sexo para este propósito. Assistam a outro filme”  (post original na foto ao lado).

A deputada federal Joy Smith, da província de Manitoba, no Canadá, está pedindo aos canadenses que boicotem o filme e doem o dinheiro dos tickets para ajudar mulheres que vivem em abrigos, vítimas de abuso sexual. Joy, que tem dedicado a sua carreira às vítimas de tráfico humano, alega que o filme apoia a humilhação, a degradação e o abuso físico e emocional da mulher. Para ela, as cenas que insinuam escravidão sexual e sadomasoquismo glamourizam a violência doméstica. “O filme tenta fazer com que isso seja um tipo de coisa normal”, disse a deputada.

Quer aprender a ter uma vida amorosa realmente plena? Saiba como participando daTerapia do Amor.

Fonte: http://www.universal.org

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Jejum de Daniel - 21º dia

O Espírito Santo recebe-se pela Fé...

 

21 dia jejum

 

Hoje é o 21º dia do Jejum de Daniel. Serão 21 dias em que você terá a oportunidade de estreitar a sua relação com Deus. E se você ainda não tem o Espírito Santo essa é a sua chance de alcançá-lo.

Durante esse período de 21 dias o portal Universal.org vai disponibilizar mensagens de reflexão e fé para que você se aproxime das coisas de Deus. Veja abaixo a mensagem de hoje:

Fonte: http://www.universal.org/noticia/2015/02/05/jejum-de-daniel-21-dia-32058.html

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Andressa Urach: Testemunho Completo no Templo de Salomão

Completo: Andressa Urach conta seu testemunho no Templo de Salomão

Assista ao relato em que Andressa Urach conta o seu drama e como foi a sua conversão







Fonte: http://www.universal.org

Jejum de Daniel - 20º dia

Se ainda não é, torne-se destemido...

 

20 dia jejum

 

Hoje é o 20º dia do Jejum de Daniel. Serão 21 dias em que você terá a oportunidade de estreitar a sua relação com Deus. E se você ainda não tem o Espírito Santo essa é a sua chance de alcançá-lo.

Durante esse período de 21 dias o portal Universal.org vai disponibilizar mensagens de reflexão e fé para que você se aproxime das coisas de Deus. Veja abaixo a mensagem de hoje:

Fonte: http://www.universal.org/noticia/2015/02/05/jejum-de-daniel-20-dia-32057.html

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Testemunho de Cura - Bispo Formigoni

O último folheto

O ÚLTIMO FOLHETO

que pode lhe salvar a vida...ASSISTA.





Os "pontos cegos" que lhe afastam de Deus

Eles podem estar bem à sua frente e você não vê. Parecem inofensivos, mas são perigosos

Certas atitudes nossas nos deixam cegos quanto à realidade espiritual. Elas criam “pontos cegos” exatamente onde pode estar a vontade de Deus para que a cumpramos.

Que atitudes nós ou outras pessoas próximas tomamos que podem nos impedir de enxergar – e de fazer funcionar – a Graça Divina em nossas vidas?

Veja algumas:

Teimosia – Lembra na Bíblia, quando o faraó resistiu a obedecer a Deus quanto a libertar o povo de Moisés? Mesmo com as pragas sobre o Egito, a teimosia falava mais alto. E até quando ele deixou que os hebreus saíssem, perseguiu-os, não dando o braço a torcer. Seu exército foi tragado pelas águas do Mar Vermelho. Se tivesse obedecido da primeira vez, seu reino não sofreria, e ambos os povos sairiam ganhando. O governante egípcio tinha um problema, mas o negava o tempo todo, até ser vencido. Viciados, por exemplo, mentem para si pensando no prazer e fazendo de conta que não veem os danos das drogas,ou caem na mentira de que não têm como sair do vício. Será que você também está cego pela negação de alguma atitude errada sua, naquelas de “não, isso não me faz mal nenhum”?

Egoísmo – Um egoísta olha tanto para si que deixa de enxergar os outros à sua volta, suas necessidades e qualidades. Isso cega você pela arrogância. O egoísmo faz com que você queira fazer tudo só do seu jeito, ou deixar de fazer algo necessário porque outras pessoas deveriam fazê-lo por você, como se fossem seus servos. Se você tem uma posição de destaque em sua família, sua empresa ou em outro grupo social, tente usá-la para beneficiar a todos, e não somente a você, e passe a enxergar a diferença. Lembre-se que, por mais alta a sua posição, háAlguém a quem você serve.

Ressentimento – Com ele você fica cego pela amargura. Pode ser por alguém que lhe fez algo ruim, ou algum acontecimento da vida que não lhe parece justo. Ou até algo que você fez de errado e não consegue se perdoar. O ressentimento é como um veneno radioativo: pode lhe fazer mal profundamente sem que você perceba, até ser tarde demais. Pode parecer difícil perdoar, mas funciona. O perdão tem que ser verdadeiro, claro, e não só algo que você diz a outra pessoa ou a você mesmo só para se sentir bem. Mesmo que leve um tempinho, deve ser real. Do contrário, é só uma mentira que encobre algo pior ainda. Veja aqui um caminho eficiente para sair dessa (Mateus 11.28-30).

Isolamento – Ficar longe dos outros pode dar a impressão de que tudo fica mais fácil, só que também fica mais vazio. Sim, o mundo e as pessoas parecem sempre piorar, tornando a existência mais perigosa. Mas houve Alguém que deu Seu próprio corpo e Seu Espírito para que tivéssemos refúgio e pudéssemos encontrar um lugar para orarmos em conjunto por nós e por todos, chamado igreja.

Desobediência – Ela lhe mantém longe do que você deve ser e aprender, cegando-o com a ignorância. Muitos ocupam o tempo com coisas sem importância para evitar pensar se sua vida espiritual está seguindo o rumo correto. Há outro caso igualmente ruim: aquela pessoa que até frequenta as reuniões ou lê a Bíblia, mas não age de acordo com o que escutou ou leu (sabe aquela coisa de só “esquentar o banco”?). Dá no mesmo. Só uma entrega verdadeira a Deus, com obediência plena a Ele, produz bons resultados (João 8.31,32).

E você, que atitude tem tomado que pode lhe afastar de Deus? Ou será que você agia de alguma dessas formas citadas no texto e decidiu mudar? Se sim, deixe um comentáriocontando como foi essa mudança e que resultados ela lhe trouxe.

Aproveite para compartilhar esse texto com seus amigos e familiares. Talvez eles precisem se reaproximar de Deus.

Fonte: http://www.universal.org/noticia/2015/02/12/os-pontos-cegos-que-lhe-afastam-de-deus-32137.html

Jejum de Daniel - 19º dia

O Espírito Santo tem sido o seu Guia?

19 dia do jejum

 

Hoje é o 19º dia do Jejum de Daniel. Serão 21 dias em que você terá a oportunidade de estreitar a sua relação com Deus. E se você ainda não tem o Espírito Santo essa é a sua chance de alcançá-lo.

Durante esse período de 21 dias o portal Universal.org vai disponibilizar mensagens de reflexão e fé para que você se aproxime das coisas de Deus. Veja abaixo a mensagem de hoje:

 

Fonte: http://www.universal.org/noticia/2015/02/05/jejum-de-daniel-19-dia-32056.html

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Os atributos do Espírito Santo

Deus é o mesmo ontem, hoje e o será para todo o sempre

Por bispo Edir Macedo

 

Os atributos do Espírito Santo são os mesmos do Deus-Pai e do Deus-Filho, ou seja:

a) Criador -  logo nos primeiros versículos da Bíblia encontramos referências a respeito do Espírito Santo como Criador, uma vez que mediante a voz do Deus-Pai, o Espírito de Deus trouxe à existência as coisas que não existiam, como podemos verificar em Gênesis 1.1-2: "No princípio, criou Deus os céus e a terra. A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas."

b) Onipotente -todos os milagres e maravilhas que encontramos registrados na Sagrada Escritura tiveram a ação direta tanto do Deus-Pai e do Deus-Filho como do Deus-Espírito Santo. Porém, o Espírito Santo, sob o meu ponto de vista, foi o mais expressivo e importante, por ocasião da vinda do Deus-Filho ao mundo. Naquela oportunidade, o anjo Gabriel foi enviado da parte de Deus à cidade de Nazaré, a uma virgem, anunciando o nascimento do Filho de Deus através dela, dizendo:

"Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso, também o ente santo que há de nascer será chamado Filho de Deus." Lucas 1.35

Esta é uma das evidências do poder ilimitado do Espírito Santo. Também o apóstolo Paulo, escrevendo aos cristãos romanos, afirma:

"Se habita em vós o Espírito dAquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, esse mesmo que ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também o vosso corpo mortal, por meio do Seu Espírito, que em vós habita." Romanos 8.11

É humanamente impossível desenvolver pensamentos a respeito do poder de Deus, pois nem mesmo a Bíblia é capaz de externar a Sua autoridade e força. Tudo o que é revelado sobre a onipotência do Espírito Santo concede apenas algumas ligeiras ideias acerca daquilo que Ele é capaz. Consideramos todas as coisas, mediante o tempo e o espaço; para nós existiu o ontem, existe o hoje e existirá o amanhã, porque vivemos dentro dos limites do tempo, que por sua vez não para nunca.

Porém, Deus não é como os homens, pois para Ele não existe passado, presente ou futuro porque simplesmente é o mesmo, ontem, hoje e o será para todo o sempre. Fica evidente a dificuldade que temos em expressar algo ilimitado, já que somos tão limitados. O apóstolo Pedro afirmou:  "Há, todavia, uma coisa, amados, que não deveis esquecer: que, para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos, como um dia." 2 Pedro 3.8

Se você quer aprender mais sobre a Palavra de Deus e ter a direção do Espírito Santo para praticá-la, participe do Jejum de Daniel. Procure um Cenáculo da IURD e saiba mais sobre o assunto.

(*) Texto retirado do livro "O Espírito Santo", do bispo Edir Macedo

Fonte:  http://www.universal.org

Jejum de Daniel - 18º dia

O Espírito Santo recebe-se pela Fé...

 

18 dia jejum

 

Hoje é o 18º dia do Jejum de Daniel. Serão 21 dias em que você terá a oportunidade de estreitar a sua relação com Deus. E se você ainda não tem o Espírito Santo essa é a sua chance de alcançá-lo.

Durante esse período de 21 dias o portal Universal.org vai disponibilizar mensagens de reflexão e fé para que você se aproxime das coisas de Deus. Veja abaixo a mensagem de hoje:

 

 

Fonte: http://www.universal.org/noticia/2015/02/05/jejum-de-daniel-18-dia-32055.html

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Você tem sido um atalaia neste mundo?

Saiba como a sua missão de salvar vidas demonstra o seu amor a Deus

 

Imagine que, depois de morto, você está ao lado do Senhor Jesus. Feliz por estar finalmente ao lado dEle, você começa a contar tudo o que viveu e fez em vida. Aí Ele lhe fala: “Você poderia ter feito mais, poderia ter ganhado mais almas.” Qual seria a sua reação? Bem, você com certeza não poderia fazer mais nada, pois já estaria morto. Mas, neste exato momento você ainda pode, pois está vivo e lendo essa mensagem.

“Nada revela o primeiro amor mais do que a paixão que a pessoa tem pelas almas. Enquanto estou vivo, eu tenho que fazer o máximo de mim para que outras pessoas venham conhecer a Jesus, venham ser salvas. É isso que significa primeiro amor”, ressalta o bispo Macedo.

Primeiro amor não é um sentimento por Jesus, é levar aos que sofrem nas garras do diabo o mesmo amor que você um dia recebeu por meio do Senhor Jesus.

A importância de ganhar almas

Deus nos compara a atalaias, pessoas que estão de guarda, vigilantes e prontos a avisar aos outros sobre algum perigo iminente. E se alguma coisa estiver para acontecer a essas pessoas e mesmo sabendo o atalaia não avisá-las, a culpa será dele.

“Mas, se o atalaia vir que vem a espada e não tocar a trombeta, e não for avisado o povo; se a espada vier e abater uma vida dentre eles, este foi abatido na sua iniquidade, mas o seu sangue demandarei do atalaia.” Ezequiel 33.6

Quantas pessoas estão sofrendo pelo simples fato de não conhecerem o Senhor Jesus e você, sabendo dessa verdade, não as avisa. Você tem o Pão da Vida, mas não dá aos que estão se perdendo sem a Salvação.

Quando você fala do amor do Senhor Jesus e convida uma pessoa para ir à igreja com você, Deus enxerga essa atitude da mesma forma que quando você apresenta uma oferta.
“ Trarão todos os vossos irmãos, dentre todas as nações, por oferta ao SENHOR…” Isaías 66.20

Convide os seus amigos para, neste domingo (15), participarem de uma reunião em umaUniversal mais próxima. As pessoas que você irá trazer serão como uma oferta viva. Quando você traz uma pessoa à igreja, você está apresentando a maior oferta que Deus poderia aceitar do ser humano. Há festa no céu por conta disso. Aproveite para compartilhar essa mensagemcom seus amigos e familiares, para que as ofertas levadas a Deus se multipliquem ainda mais.

http://www.universal.org/noticia/2015/02/13/voce-tem-sido-um-atalaia-neste-mundo-32118.html

Não basta conviver, tem que nascer

 

Quanto mais o tempo passa, quanto mais examinamos as Escrituras, quanto mais confrontamos os acontecimentos nos tempos de Jesus com os da atualidade, vemos como são semelhantes e como o nosso Senhor, já naquele tempo, advertia os discípulos a respeito de situações que hoje ouvimos incansavelmente Deus nos advertir por intermédio do bispo Macedo.

Estou falando do novo nascimento.

Não basta frequentar a igreja, receber um milagre como cura, emprego, bênção financeira, morar na igreja, viver na igreja, fazer a Obra como obreiro, evangelista etc. É preciso nascer de Deus. Ninguém conviveu mais próximo de Deus neste mundo do que os discípulos. A primeira manifestação da Santíssima Trindade se deu num relacionamento distante entre Deus e os homens; já a segunda se deu com Jesus ao lado dos discípulos.

Observamos que 3 anos é o equivalente a:
1.095 dias ou
26.280 horas ou
1.576.800 minutos.

Não esqueçam, amigos, que, para o Senhor, um dia é como mil anos… 2 Pedro 3.8

Imagine você conviver com Jesus durante esse tempo? Vê-lO face a face, ouvir Sua voz, comer com Ele, vê-lO expulsando demônios, curando enfermos, ressuscitando mortos, andando sobre o mar… Como seria maravilhoso, não é verdade?

Mas, mesmo assim, não foi suficiente para os discípulos, pois era necessário que o Senhor Jesus estivesse dentro deles, não ao lado.

No final desse tempo glorioso, Jesus disse a Pedro: … tu, pois, quando te converteres, fortalece os teus irmãos. Lucas 22.32

Para Filipe, Ele disse: … há tanto tempo estou convosco, e não Me tens conhecido?João 14.9

Para Tomé, Ele disse: … Põe aqui o dedo e vê as Minhas mãos; chega também a mão e põe-na no Meu lado; não sejas incrédulo, mas crente. João 20.27

Somente depois de Jesus revesti-los do Espírito Santo, da paz e da alegria da Salvação é que eles conseguiram prosseguir enfrentando o inferno das perseguições, lutando contra o diabo e acrescentando o número de salvos por toda a Terra.

O Jejum de Daniel é a grande oportunidade de você ter o Senhor Jesus dentro de você através do batismo com o Espírito Santo.
Aproveite e seja feliz!

Deus os abençoe!

A luz do Espírito Santo

Deus deseja guiar os nossos pés por caminhos planos e seguros

 

A Bíblia contém mais de oito mil promessas de Deus para a humanidade, e todas elas em função da preservação da vida. O senhor Jesus disse:"Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva." João7.38

O que significa rios de água viva? Simboliza a vida em toda a sua plenitude, da mesma forma como tinham Adão e Eva no Jardim do Éden. Não havia doenças, porque o Espírito do Poder de Deus estava sobre eles; não havia escassez de alimentos, porque a própria natureza, revestida da glória do Espírito Santo, produzia as sementes necessárias e fazia prover toda a alimentação; havia paz, porque o Espírito da Paz estava dentro deles.

Enfim, não faltava nada, pois o Espírito do Senhor controlava todo aquele jardim, Adão, Eva e toda a natureza. Quando permitimos que o Espírito de Deus controle a nossa vida, então, Ele mesmo Se incumbirá de guiar os nossos pés por caminhos planos e seguros, até os mananciais da plenitude de vida prometida pelo Deus-Filho.

Não é difícil enxergar a amplitude de ação do Espírito Santo, quando analisamos in loco a atuação dos outros espíritos nas pessoas carentes da verdade. Por exemplo: o ocultismo, de um modo generalizado, funciona da seguinte maneira: a pessoa desconsolada, pela perda de um ente querido, deseja se comunicar desesperadamente com ele, para saber se o mesmo está bem, ou se precisa de alguma coisa.

Então, um espírito imundo qualquer, aproveitando-se da sinceridade e boa-fé daquela criatura, manifesta-se em um receptor ou médium. Através deste "médium", o suposto espírito do morto começa a contar uma porção de coisas a respeito do morto, com o intuito de ganhar a confiança do consulente.

A pessoa aflita passa a acreditar firmemente naquela "entidade" como se fosse o espírito do próprio falecido. Forma-se, assim, o primeiro de uma série de elos entre aquela criatura e os espíritos infernais. Daí começam as imposições por parte dos espíritos para com aquele consulente e, em consequência, esses espíritos, que já aumentaram em número naquela vida, passam a comandar todo o intelecto da pessoa. Assim, eles desenvolvem uma jornada intensa de trabalho, no sentido de, cada vez mais, não apenas imperar naquela pessoa, mas em todos os seus familiares, vizinhos e todo mundo.

Para isto, apresentam-se de modo convincente, criam inúmeros problemas e, ao mesmo tempo, mediante uma obrigação banal por parte da pessoa, que agora também é uma suposta médium, resolvem o "tal" problema, para então, criar outro mais grave. Ora, se existe um relacionamento real entre os espíritos demoníacos e pessoas que se propõem a aceitá-los, com muito mais razões há também um relacionamento real e concreto do Espírito de Deus para com todos os que O invocam com sinceridade.

Realmente, o Espírito de Deus anseia morar em cada pessoa para que, através dela, possa espargir a luz de Deus por onde for; da mesma maneira são os espíritos imundos, que anseiam morar nas pessoas, para também espalhar miséria, dor e aflição.

Se você quer aprender mais sobre a Palavra de Deus e ter a direção do Espírito Santo para praticá-la, participe do Jejum de Daniel. Procure um Cenáculo da IURD e saiba mais sobre o assunto.

(*) Texto retirado do livro "O Espírito Santo", do bispo Edir Macedo

Fonte: http://www.universal.org

Jejum de Daniel - 17º dia

As fantasias só criam decepções e frustrações

17 dia jejum

Hoje é o 17º dia do Jejum de Daniel. Serão 21 dias em que você terá a oportunidade de estreitar a sua relação com Deus. E se você ainda não tem o Espírito Santo essa é a sua chance de alcançá-lo.

Durante esse período de 21 dias o portal Universal.org vai disponibilizar mensagens de reflexão e fé para que você se aproxime das coisas de Deus. Veja abaixo a mensagem de hoje:

Fonte: http://www.universal.org/noticia/2015/02/05/jejum-de-daniel-17-dia-32053.html

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Jejum de Daniel - 16º dia

Ainda se sente oprimido pelos problemas?

16 dia jejum

 

Hoje é o 16º dia do Jejum de Daniel. Serão 21 dias em que você terá a oportunidade de estreitar a sua relação com Deus. E se você ainda não tem o Espírito Santo essa é a sua chance de alcançá-lo.

Durante esse período de 21 dias o portal Universal.org vai disponibilizar mensagens de reflexão e fé para que você se aproxime das coisas de Deus. Veja abaixo a mensagem de hoje:

 

Fonte: http://www.universal.org/noticia/2015/02/05/jejum-de-daniel-16-dia-32052.html

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

É possível ser curado dos vícios?

Você pode sim se livrar dos vícios que fazem parte da sua vida, passando assim a ser feliz de verdade. A cura dos vícios é uma luta que, quando decidida a ser travada até o fim, é vencida por cada pessoa que faz parte deste Tratamento. Todo vício é um espírito, e todo espírito pode ser arrancado, por isso a cura é real. Temos a direção que vai dar a você que sofre com o vício, seja direta ou indiretamente, a saída desta prisão infernal.

bp-formigoni.690x460

 

Quem vê o bispo Rogério Formigoni realizando a Reunião do “Tratamento da Cura dos Vícios”, que ocorre aos domingos, às 15 horas, na Universal de Santo Amaro, zona sul da capital paulista, não imagina as histórias de muita loucura, repletas de vícios, sexo e adrenalina que ele já vivenciou.

Para provar que o bispo Formigoni não somente entregou-se aos vícios como também escapou da morte, a Folha Universal conversou com três amigos que o conheceram naquela época.

Luciano Ricardo Marques, de 42 anos, conta que, na cidade de Lucélia, no interior paulista, o bispo Formigoni era conhecido como “Formigão” e também como “Cabeção”. “Nós usamos muita droga juntos. Maconha, cocaína, chá de cogumelo e lança-perfume. Fazíamos farras em motéis e no sítio do meu pai. A gente comprava quilos de cocaína pura para cheirar. Nós medíamos as carreiras de cocaína com uma trena. O Formigão aguentava cheirar mais de um metro”, lembra.

O companheiro de drogas conta que eles viviam sempre juntos nas farras, nas bagunças e nas drogas. No dia que se separaram, porém, algo terrível aconteceu. “No dia em que sofri um acidente e entrei embaixo de uma carreta ele não estava comigo. A pessoa que estava no carro comigo morreu”, recorda.

O bispo Formigoni conta que saiu de Lucélia e, depois de um tempo morando em Americana, se converteu à fé cristã na Universal e não viu mais o amigo de farra. “Nunca mais vi o Luciano. Mas nos reencontramos há cerca de um mês. Quando o vi, não acreditei. Para ele estar vivo, só Deus”, destaca. A surpresa foi a mesma da parte do amigo. “Eu também fiquei assustado, porque, em 1994, ele sumiu. Todo mundo achou que ele tinha morrido. É impressionante tudo isso que aconteceu”, comenta Luciano.

Outro que reencontrou o bispo Formigoni e também ficou impressionado com a mudança radical dele para melhor foi Manoel Lança Júnior, de 37 anos. Ele conta que na época que teve contato com Formigão ficou assustado com a falta de limites dele. “Eu me lembro quando o Rogério (bispo Formigoni) chegou a Americana. Era época de carnaval e nós bebíamos muito. Mas ele não se satisfazia apenas com cigarro e bebida, ele queria droga. Então, eu o levei à casa de um amigo usuário e lá eles começaram a fumar crack juntos, dentro de um quarto. A mãe desse meu amigo suplicava para eles pararem, mas eles não paravam. Ela chorava, pedia pelo amor de Deus, mas não adiantava”.

Já o amigo Adilson Francisco Miguel da Silva, de 45 anos, quase viu Formigão morrer. O uso de drogas entre eles foi tanto que a overdose foi inevitável. “Eu usava crack, cocaína e maconha. Perdi a dignidade, amigos e bens para as drogas. Eu e o Formigoni chegamos a fumar 40 pedras numa noite. Íamos à biqueira pegar a droga e, quando acabava, íamos ao caixa eletrônico sacar mais dinheiro para buscar mais pedra. Fomos 19 vezes ao caixa eletrônico em uma única noite e usamos em torno de 100 pedras. Uma vez, ele trocou um relógio e uma camiseta por três pedras. Em outra noite andamos por mais de 600 km de carro fumando crack. Nesse dia, ele teve um princípio de overdose”, revela.

Tanto o Formigão como seus amigos não usam mais drogas. O bispo Formigoni está todos os domingos ajudando quem ainda sofre com os vícios. Por isso, se você conhece alguém que atualmente vive aprisionado pelos mesmos problemas e deseja que a história dessa pessoa se transforme, procure o “Tratamento para a Cura dos Vícios”, na Universal.

Fonte: http://sites.universal.org/aultimapedra/e-possivel-ser-curado-dos-vicios/

VÍCIO TEM CURA.COM

“Prometo que, a partir de amanhã, eu não vou mais usar!!!”

vício tem cura

Todos viciados, não importa quanto tempo e qual seja o vício, sempre afirmarão que a sua vida está sob controle.

Em muitos momentos, enxergam  a destruição que o vício está  lhe causando e a seus familiares. Prometem que no dia seguinte será diferente: “ A partir de amanhã eu não vou mais usar…” No seu íntimo, o desejo de parar é verdadeiro. Entretanto,  não possuem controle sobre suas ações e pensamentos. Por conta disso, voltam a fazer tudo de novo.

Até mesmo o viciado percebe que suas  vontades são contraditórias e sofre com este sentimento: de manhã ele acorda disposto a passar um dia sem  drogas, longe do vício e voltar para casa bem. Mas, quando chega perto do final da tarde, este pensamento e a sua vontade já são contrárias  e ele perde o controle novamente.

Quanto aos  familiares, eles assistem ao viciado mudando de comportamento várias vezes durante o mesmo dia. Em questão de minutos, um comportamento calmo se transforma e fica agressivo sem motivo algum.

A origem e o motivo desta realidade comum enfrentada por  todos os viciados e seus entes queridos,  hoje vem sendo explicada nas Reuniões do Tratamento para a Cura dos vícios.

Assista a Testemunhos de pessoas que entenderam o que aconteciam em suas vidas e hoje estão libertas dos vícios!

CLIQUE NO LINK ABAIXO:

https://www.youtube.com/watch?v=CsLStH-3Zrg

 

Fonte: http://sites.universal.org/aultimapedra/prometo-que-a-partir-de-amanha-eu-nao-vou-mais-usar/

Jejum de Daniel - 15º dia

Escreva o que ainda tem prevalecido da sua carne...

15 dia jejum

Hoje é o 15º dia do Jejum de Daniel. Serão 21 dias em que você terá a oportunidade de estreitar a sua relação com Deus. E se você ainda não tem o Espírito Santo essa é a sua chance de alcançá-lo.

Durante esse período de 21 dias o portal Universal.org vai disponibilizar mensagens de reflexão e fé para que você se aproxime das coisas de Deus. Veja abaixo a mensagem de hoje:

Fonte: http://www.universal.org/noticia/2015/02/05/jejum-de-daniel-15-dia-32051.html

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

De quem é o seu voto?

Dele depende onde você passará a Eternidade. Veja por que

Por: Flávia Dias

escolha a porta

 

Todos os dias é necessário fazer escolhas. E são essas escolhas que determinam o rumo de sua vida, quem você é e será.

 

Medite nesta história:

Certo homem está andando tranquilamente quando é atropelado e morre.
A alma dele chega ao Paraíso e dá de cara com um anjo na entrada.
“Bem-vindo ao Paraíso”, diz o anjo. “Antes que você entre, preciso explicar o protocolo da casa: você passa um dia no inferno e um dia no Paraíso. Aí pode escolher onde quer passar a Eternidade.”
“Não precisa, já resolvi. Quero ficar no Paraíso”, diz o homem.
“Desculpe, mas temos as nossas regras.”
Assim, o anjo o acompanha até o elevador e ele desce, desce, desce até o inferno. A porta se abre e ele se vê no meio de um lindo campo de golfe. Ao fundo um clube, onde estão várias pessoas se divertindo, com belas mulheres e bebidas.
Ele é cumprimentado, abraçado por velhos amigos e eles começam a falar sobre os bons tempos. Todos muito felizes. Jogam uma partida descontraída e depois comem lagosta e caviar.
Quem também está presente é o diabo, um cara muito amigável, que passa o tempo todo dançando e contando piadas.
Eles se divertem tanto que antes que o homem perceba já é hora de ir embora. Todos se despedem dele com abraços e acenam enquanto o elevador sobe.
Ele sobe, sobe, sobe e a porta se abre outra vez. O anjo está à sua espera.

Agora é a vez de visitar o Paraíso.
Ele passa 24 horas junto a um grupo de almas contentes, que andam de nuvem em nuvem, tocando harpas e cantando. Tudo vai muito bem e, antes que ele perceba, o dia se acaba e o anjo retorna.
“E aí? Você passou um dia no inferno e um dia no Paraíso. Agora escolha a sua morada eterna. Mas, pense bem, pois a escolha que tomar não terá volta.”

Ele pensa um minuto e responde: “Olha, o Paraíso é muito bom, mas vou ficar melhor no inferno. Não tenho nada contra o céu, mas aqui é muito tranquilo. Me identifiquei mais com o inferno.
Então, o anjo o leva de volta ao elevador e ele desce, desce, desce até o inferno.
A porta se abre e ele vê algo totalmente diferente. Não tinha gramado, nem bebidas, mulheres ou amigos. Estava tudo pegando fogo, coisas estranhas aconteciam naquele lugar. Estava tudo um tormento.

O diabo, já não tão amigável, vai ao encontro do homem e passa o braço pelo ombro dele.

“Não estou entendendo”, gagueja o homem. “Ontem mesmo eu estive aqui e havia um campo de golfe, um clube, lagosta, caviar, mulheres, bebidas, e nós dançamos e nos divertimos o tempo todo. Agora só vejo sofrimento, tormento e agonia.”
O diabo olha para ele, sorri ironicamente, e diz: “Ontem nós estávamos em campanha. Agora já conseguimos o seu voto.”

O diabo vem enganado muitas pessoas dessa maneira. Ele mostra todo o brilho deste mundo, leva as pessoas a agirem pela emoção e tenta de todas as formas fazê-las perder o foco da Salvação. Nesta passagem bíblica vemos a ação do diabo e a escolha do Senhor Jesus:

Levou-o ainda o diabo a um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles e lhe disse: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então, Jesus lhe ordenou: Retira-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor, Teu Deus, adorarás, e só a Ele darás culto.” Mateus 4.8-10

Na história que você leu, o homem pôde escolher onde passaria a Eternidade quando supostamente chegou ao céu. Na vida real, a escolha é feita todos os dias, e uma decisão errada pode mudar o rumo de sua vida para sempre.

O diabo mantém uma campanha constante, e até o seu último fôlego de vida não desistirá de conseguir o seu voto.

“Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?” Lucas 12.20

Para quem você tem preparado a sua alma? Em quem você decidiu votar?

Deixe um comentário dizendo se essa mensagem lhe ajudou de alguma maneira. Aproveite também para compartilhá-la com amigos e familiares.

E se você quer aprender mais sobre a Vida Eterna, participe hoje mesmo de uma reunião na Universal. Encontre o endereço mais próximo de sua casa em http://www.universal.org/enderecos/.

Fonte: http://www.universal.org/noticia/2015/02/10/de-quem-e-o-seu-voto-32063.html

Jejum de Daniel - 14º dia

Faça o voto de se Batizar (novamente) nas Águas...

 

14 dia jejum

 

Hoje é o 14º dia do Jejum de Daniel. Serão 21 dias em que você terá a oportunidade de estreitar a sua relação com Deus. E se você ainda não tem o Espírito Santo essa é a sua chance de alcançá-lo.

Durante esse período de 21 dias o portal Universal.org vai disponibilizar mensagens de reflexão e fé para que você se aproxime das coisas de Deus. Veja abaixo a mensagem de hoje:

Fonte: http://www.universal.org/noticia/2015/02/11/jejum-de-daniel-14-dia-32050.html

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Milton Cardoso - Existe um lugar

3 atitudes para quem quer vencer

Decida praticá-las

vitória

Quando você diz que venceu algo é porque superou as dificuldades, removeu os obstáculos que tentavam impedi-lo de alcançar os seus objetivos e triunfou sobre as adversidades. Isso não significa “ter sorte”, mas sim trabalho árduo e foco.

Mas existem 3 atitudes que fazem toda a diferença para ter a vitória em qualquer área da vida. São elas:

  1. Não se menospreze

Muitos têm bons olhos para os outros, mas não para si. Tudo dos outros é bom, é o melhor, porém, o deles é ruim, inferior. Exaltam os outros e diminuem a si mesmos. Valorizam o que é dos outros, mas o deles é fraco.

Você não é melhor ou pior que ninguém. O diabo gosta que você  se menospreze.
   2.  Vá na SUA fé

Você não deve se influenciar com a opinião de ninguém.

O Senhor Jesus nunca disse que a fé da família ou dos amigos salvou, mas Ele disse: "a tua fé te salvou." A Bíblia diz: "Mas Jesus, sem acudir a tais palavras...” Note que Ele não ia pela cabeça de ninguém. Ele tinha Sua fé definida. Quando Pedro tentou influenciar na Sua fé, Jesus disse: "Arreda, Satanás!"

Então, faça o que a fé lhe mandar sem se preocupar com ninguém e acabou.
   3. Saiba discernir entre a voz de Deus e a do diabo

O diabo fala muito forte na cabeça do ser humano, dizendo que não vai dar certo, que ele nasceu para sofrer. Se você deixar, ele lhe joga para baixo mesmo, sem piedade.

É simples discernir quando Deus fala, pois Ele nunca deixa dúvidas na Sua voz; ao contrário de Satanás, que enche o homem de dúvidas e medos.

Aprenda a diferenciá-las e sempre escolha ficar com os pensamentos gerados pela voz de Deus, que é sempre a voz da fé inteligente.

Decida agora mesmo assumir essas 3 atitudes. Participe de uma reunião na Universal mais próxima de sua casa. Acesse http://www.universal.org/enderecos/ e informe-se sobre os horários.

Fonte: http://www.universal.org

Jejum de Daniel - 13º dia

A quem pertence o seu coração?

13 dia jejum

Hoje é o 13º dia do Jejum de Daniel. Serão 21 dias em que você terá a oportunidade de estreitar a sua relação com Deus. E se você ainda não tem o Espírito Santo essa é a sua chance de alcançá-lo.

Durante esse período de 21 dias o portal Universal.org vai disponibilizar mensagens de reflexão e fé para que você se aproxime das coisas de Deus. Veja abaixo a mensagem de hoje:

Fonte: http://www.universal.org/noticia/2015/02/10/jejum-de-daniel-13-dia-32049.html

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Não deixe de regar a sua rosa

Leia essa parábola e veja por que a perseverança é importante no relacionamento com Deus

Por: Daniel Cruz

rosa

Todos os dias, um homem tinha por hábito cuidar das diferentes espécies de flores que apareciam em seu quintal.

Algumas, por experiência, ele sabia identificar a espécie por meio do brotinho, outras ele descobria apenas quando a planta já estava formada.

Então, certo dia, um brotinho apareceu e o homem, como de costume, começou a regá-lo. Com o tempo, daquele brotinho surgiram espinhos. Ao perceber aquilo, o homem desmotivou-se e decidiu parar de regá-lo.

Em consequência, a planta foi secando e parou de crescer, até que não aguentou e morreu.

Uma pena, pois o homem não sabia que se tratava de uma linda rosa.

Seu relacionamento com Deus precisa ser continuamente regado

Muitas pessoas começam a participar dos encontros na igreja com muita motivação e esperança em Deus. São como o homem que rega as plantas todos os dias.

Porém, com o tempo, deixam de olhar para o objetivo principal – que é a Salvação no Senhor Jesus – e passam a observar motivos para abandonar a trajetória de uma vida com Deus, assim como o homem que repara nos espinhos nascendo no caule da rosa.

Surgem os obstáculos, os desertos, e a pessoa já não sabe mais como exercitar a fé inteligente e verdadeira. Deixa as opiniões dos familiares e amigos influenciarem a fé. Aceita as dúvidas que surgem no coração – semeadas pelos espíritos malignos.

Então, chega um momento em que abandona a presença de Deus completamente – como o homem que deixou de regar a rosa.

Porém, chegará o dia em que teremos de apresentar ao Senhor a nossa vida espiritual, representada pela rosa. E o que acontecerá se você apresentar um caule seco e sem vida? Será que Deus se agradará?

Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda. 2 Timóteo 4.8

Reflita sobre as suas atitudes diante de Deus. Você está se sentindo desmotivado a participar das reuniões? Não sente mais vontade de orar e buscar a presença dEle? Então, cuidado, pois a sua rosa não está mais sendo regada.

Se você deseja receber uma palavra de fé, fale agora mesmo com um bispo ou pastor da Universal por meio do Pastor Online. Não desista da sua comunhão com Deus.

Participe também de uma reunião na Universal mais próxima de você. Veja o endereço aqui. Depois comente como foi essa reunião para você.

Não perca essa oportunidade, pois pode ser a última chance de você salvar a sua alma.

http://www.universal.org/noticia/2015/02/04/nao-deixe-de-regar-a-sua-rosa-32022.html

Jejum de Daniel - 12º dia

Sente rancor ou ódio de alguém?

 

12 dia jejum

Hoje é o 12º dia do Jejum de Daniel. Serão 21 dias em que você terá a oportunidade de estreitar a sua relação com Deus. E se você ainda não tem o Espírito Santo essa é a sua chance de alcançá-lo.

Durante esse período de 21 dias o portal Universal.org vai disponibilizar mensagens de reflexão e fé para que você se aproxime das coisas de Deus. Veja abaixo a mensagem de hoje:

Fonte: http://www.universal.org

domingo, 8 de fevereiro de 2015

O que significa o batismo com o Espírito Santo?

Representa poder, força, coragem, intrepidez e audácia de se viver tal qual viveu o Senhor Jesus aqui na Terra

Por: Bispo Macedo

 

Antes de tecermos comentários a respeito do batismo com o Espírito Santo, queremos deixar bem claro que o simples fato de aceitar o Senhor Jesus Cristo como único Salvador e ser batizado nas águas por imersão não implica automaticamente no batismo com o Espírito Santo. Pode até acontecer, não é impossível, de no momento da pessoa estar sendo batizada nas águas por imersão, ser também batizada com o Espírito Santo. Isto, naturalmente, depende da fé do candidato no Senhor, porém, não é uma coisa implícita à outra.

O batismo com o Espírito Santo significa poder, força, coragem, intrepidez e audácia de se viver tal qual viveu o Senhor Jesus aqui na Terra. É impossível ser cristão de acordo com a Bíblia sem ter havido um revestimento sobrenatural do Alto sobre o candidato.

Nós temos visto muitos cristãos sinceros fazendo um esforço sobrenatural para manter as suas vidas dentro do padrão bíblico, porém tem sido em vão. Na verdade, se com o batismo noEspírito Santo já não é fácil vencer as tentações e manter o testemunho fiel, imagine sem o batismo! Porque, na realidade, muitos procuram se esquivar dos problemas, das tentações, não por uma questão de obediência à Palavra de Deus, que diz que devemos fugir do mal, mas por medo de tropeçar e cair. Ora, se o medo existe, é porque há fraqueza, e se há fraqueza, é porque existe a necessidade de um revestimento de poder, conforme a promessa do próprio Senhor Jesus, quando disse:

“mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.” Atos 1.8

Quando alguém é batizado com o Espírito Santo, recebe imediatamente poder para servir como instrumento nas mãos do Espírito Santo; recebe poder para servir como testemunha da ressurreição do Senhor Jesus. Não apenas testemunha no sentido de falar daquilo que está escrito na Bíblia; mas ser como o próprio Senhor Jesus, uma testemunha viva de alguém vivo, já que testemunhar com palavras é fácil, e para isso não precisa necessariamente ser cristão, basta apenas conhecer a Bíblia.

O poder para testemunhar, do qual nos capacita o batismo com o Espírito Santo, é realizado com a própria vida, pois o cristão tem que ser a Bíblia aberta para os incrédulos. O caráter do Senhor tem que se manifestar nele dia e noite, por toda a vida. Daí, sem o batismo no Espírito se torna impossível ser testemunha nos moldes bíblicos. Consequentemente, sem ser testemunha não se pode ser cristão como o Senhor deseja, pois como está escrito: “aquele que diz que permanece nele, esse deve também andar assim como ele andou.” (1 João 2.6).

Quem batiza com o Espírito Santo?

No batismo nas águas por imersão, temos três elementos:

1) o candidato

2) as águas

3) o pastor

No batismo com o Espírito Santo também temos três elementos:

1) o candidato

2) o Espírito Santo

3) o Senhor Jesus Cristo

Ao ser batizada no Espírito Santo, a pessoa, semelhantemente ao batismo nas águas, é literalmente imergida (coberta) pelo Espírito Santo.

Conforme o testemunho de João Batista, quem batiza assim é o Senhor Jesus, acrescentando a palavra “fogo” que, aparentemente contrastando com a água, também exerce a ação de purificar ao queimar e destruir as impurezas:

“Eu vos batizo com água, para arrependimento; mas aquele que vem depois de mim é mais poderoso do que eu, cujas sandálias não sou digno de levar. Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo.” Mateus 3.11

É impossível alguém se dizer batizado com o Espírito Santo se, verdadeiramente, não tem o Senhor Jesus como o seu único pastor e Senhor.

(*) Texto retirado do livro "O Espírito Santo", do bispo Edir Macedo.

APRESENTAÇÕES EM POWER POINT PARA VOCÊ

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin